Destaques

Caravana de Crateús embarca para acompanhar a posse de Jair Bolsonaro

Apoiadores do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) em Crateús, terra natal do pai da futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, se preparam para viajar, neste sábado (29), rumo a Brasília, para acompanhar a posse do capitão da reserva no cargo mais alto do País. 

Já familiares cearenses do sogro do presidente eleito, Vicente de Paulo Reinaldo, chamado por Bolsonaro de “Paulo Negão”, não deverão comparecer à cerimônia. Segundo parentes, eles não gostam de “envolvimento” com a política e alegam não serem próximos de Michelle.

Paulo e os três irmãos deixaram o Ceará para tentar a vida em Brasília, ainda na década de 70. Foi lá que ele conheceu a mãe de Michelle, nascida em Ceilândia, no Distrito Federal. A futura primeira-dama já veio ao Estado, em 2016, mas ficou em Fortaleza. 

Caravanas

Já em Crateús, a caravana organizada pelo Movimento Avança Crateús (MAC) levará, aproximadamente, 50 pessoas para a cerimônia de posse de Bolsonaro marcada para a próxima terça-feira (1), às 14h. 

O idealizador do movimento, Rodrigues Júnior, conta que apoiadores de outros municípios do Interior e até da Capital cearense vão com eles na caravana, prevista para chegar à Brasília na noite deste domingo (30). Segundo o cabo da polícia militar, eles retornam para Fortaleza no mesmo dia da posse.  

“Vamos ficar numa chácara que foi cedida para nós de uma conterrânea aqui de Crateús. Vamos levando uma faixa em homenagem à Michelle Bolsonaro e a expectativa é que alguém ou Bolsonaro possa nos ver, se aproximar de nós, que eu sei que é difícil. Estamos só aguardando o ônibus chegar”.

Também está prevista a saída de outra caravana, neste sábado, do bairro de Fátima, em Fortaleza, no bairro de Fátima, com destino à Brasília. 

(Diário do Nordeste)

 

Compartilhe:

Comente com Facebook