Segurança

Em um dia, PRF detém quatro por transporte irregular de madeira no Ceará

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve, nesta segunda-feira (7), no Ceará, quatro homens que transportavam madeira de maneira irregular. Os flagrantes aconteceram em Tianguá e Caucaia e as madeiras apreendidas foram destinadas ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Na tarde de ontem, às 13h10, no quilômetro 295 da BR-222, em Tianguá, agentes da PRF abordaram um caminhão Scania R510 com placas de Juazeiro do Norte (CE), que transportava madeiras com documentação de Mato Grosso. Ao verificarem os documentos relativos à carga, os policiais constataram que tanto a guia florestal como a nota fiscal da madeira eram irregulares e inválidas. O motorista foi detido.

Pela parte da noite, às 22h, no quilômetro 406 da BR-020, em Caucaia, uma equipe da PRF abordou três caminhões carregados de madeira serrada do tipo Jarana, Samaúma, Maçaranduba e outras. Os policiais solicitaram a cada caminhoneiro as documentações referentes às cargas e eles entregaram as guias florestais e notas fiscais. Nos três casos, a madeira transportada no caminhão estava em excesso ao disposto na guia florestal. A conduta de transportar madeira em quantidade diferente ao disposto nos documentos florestais é considerada crime ambiental. Os três condutores foram detidos.

Além disso, os três caminhões ainda transitavam com excesso de peso chegando a 8,7 toneladas, o que causa danos à rodovia e risco ao condutor e outros usuários.

Em todas as situações foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência pelo crime de transportar madeira sem licença válida e as cargas foram encaminhadas ao Ibama.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Redes Sociais

Feiticeiro Fm