Destaques

Governo libera 3 tipos diferentes de pagamentos do PIS/PASEP

Até o fim deste mês teremos 3 opções diferentes para saque em PIS/PASEP em 2020. A primeira diz respeito aos trabalhadores que atuaram de carteira assinada em 2018, a segunda para os brasileiros que tiveram um período empregado em 2019.

Já a terceira opção é o rendimento anual do fundo do PIS. Este recurso está disponível para os trabalhadores que atuaram de carteira assinada entre os anos de 1971 a 1988 e que não tenham retirado o seu fundo. Vale lembrar que se o seu familiar que tenha direito tiver falecido, parentes mais próximos como filhos podem sacar o benefício.

PIS/PASEP 2018

De acordo com informações da Caixa Econômica Federal, cerca de 2,4 milhões de trabalhadores ainda não sacaram o seu benefício, o que resulta em um valor parado no montante de R$1,6 bilhão.

O último lote do benefício foi pago no dia 19 de março de 2020. No entanto, ainda é possível efetuar os saques até o dia 29 de maio.

Veja quem tem direito de receber:

– O trabalhador que exerceu profissão com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2018;
– O trabalhador que ganhou, no máximo, dois salários mínimos, em média, por mês;
– Quem está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; e
– A empresa onde trabalhava tenha informado os dados corretamente no sistema do governo.

PIS/PASEP 2019

O calendário de pagamento do PIS/PASEP 2019 já foi divulgado, o inicio do pagamento começa no dia 16 de julho e se encerra no dia 30 de junho de 2021.

Vale lembrar que o pagamento será proporcional ao tempo de trabalho no ano de 2019. Por exemplo, quem trabalhou apenas um mês em 2019 vai sacar 1/12 do valor máximo para saque que é de R$ 1.045, ou seja um salário mínimo, recebendo então R$ 88,00

Compartilhe:

Comente com Facebook

Redes Sociais

Feiticeiro Fm