Segurança

Acusado de participação no homicídio de Sucesso é preso e conta detalhes de como tudo aconteceu.

A composição da polícia militar do destacamento de Sucesso, prendeu ainda na manhã desta sexta-feira (06), Josimar Martins de Sousa, 33 anos. Ele é um dos envolvidos em um homicídio durante está madrugada naquele distrito e que vitimou Antonio Luciano de Sousa, 44 anos, mais conhecido como “Cilano” atingido por disparos no abdome e no tórax.

JOSIMAR

Josimar estava na casa da mãe na Avenida Governador Valdemar de Alcântara, quando foi preso em flagrante pela composição formada pelo Sargento Soares e o Cabo Agenaro. Ele não resistiu a prisão e confessou ter participação no crime, porém apenas como condutor da motocicleta. 

Em entrevista ele disse que durante boa parte desta quinta-feira (05), ele e Jorginho, o outro acusado, passaram o dia em Tamboril onde compareceram ao fórum para assinar, já que os dois tem passagens pela polícia e respondem por outros delitos. De acordo com Josimar, a arma utilizada no crime foi emprestada por um amigo de Jorginho que reside em Tamboril. Eles seguiram por volta das 15h para Sucesso em uma topic, onde segundo ele, Jorginho escondeu a arma em casa.

Ele relatou que minutos antes do crime, os dois estavam na casa de um amigo bebendo, quando Jorginho saiu sozinho e depois voltou com uma moto, dizendo que o dono tinha lhe emprestado. “Ele me convidou para dar uma voltas mas eu não sabia que ele tinha ido pegar a arma e planejava matar o Cilano” informou Josimar. Ele ressaltou que Jorginho teria lhe pedido pra ele levá-lo no local onde estava a vítima, dizendo que ia vê um amigo. “Quando chegamos lá ele nem desceu da moto, já atirou no cara umas cinco vezes e mandou eu sair rápido”. Josimar afirmou.

JORGINHO

Na fuga a motocicleta que havia sido tomada de assalto por Jorginho, deu o prego e parou de funcionar. Eles fugiram a pé com destino a Nova Roma. Nessa hora Josimar disse que se perdeu de Jorginho e retornou para casa por volta de 3h da madrugada. Ele disse que só soube que Luciano tinha vindo óbito porque os policiais informaram.

Depois de preso Josimar Martins, que estava no regime semiaberto, foi levado para a delegacia regional de polícia civil em Crateús, onde depois de ser ouvido pelo delegado plantonista, foi conduzido a uma cela, onde aguardará a conclusão do inquérito e os procedimentos a serem adotados.

O outro acusado, Jorge Luis Martins, o Jorginho, segue foragido e a polícia tenta agora realizar a prisão do mesmo.

Deixe sua Mensagem

comentários

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 173 outros assinantes