Segurança

Cearenses de Novo Oriente foram presos aplicando golpes dentro de agência bancária no Amazonas.

Policiais da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), prendeu, em flagrante, na tarde de domingo (21/01), os irmãos Fábio Leite de Sousa, 35, e Fabrício Leite de Sousa, 31, por furto qualificado mediante fraude. Na manhã de ontem, às 9h10, a dupla abordou um idoso de 72 anos, dentro de uma agência bancária situada na avenida Carlota Joaquina, antiga avenida Perimetral, no bairro Parque Dez de Novembro, zona centro-sul, furtou o cartão bancário da vítima e, posteriormente, sacou R$ 1.050 mil da conta do homem.

A dupla foi apresentada durante coletiva realizada às 10h30, no prédio da unidade policial. Na ocasião, o delegado Adriano Felix, titular da Derfd, informou que os irmãos nasceram no município de Novo Oriente, no Ceará, e estavam sendo investigados pelas equipes da especializada há 17 dias, desde que chegaram a Manaus, no início deste ano.

Os homens foram presos na tarde de domingo, às 17h40, em pontos distintos do bairro Cidade de Deus, zona norte de Manaus. Fabrício foi abordado em via pública, nas proximidades do Jardim Botânico Adolpho Ducke. Já Fábio foi preso na rua 35 da Comunidade Monte Sião. Com os irmãos, foram encontrados 31 cartões bancários e o dinheiro subtraído do idoso de 72 anos. Durante as diligências, os policiais apreenderam com eles um carro alugado, modelo Voyage, de cor branca.

“A dupla andava com canhotos bancários, solicitando a atualização de cadastro bancário. No momento em que notaram o idoso saindo do terminal de atendimento, os irmãos o abordaram e disseram que um canhoto havia saído do terminal e se ofereceram para auxiliar aquela pessoa para atualizar a conta pessoal, com a desculpa de que a conta poderia ser cancelada. Eles aproveitaram pra coletar os dados do idoso, trocar o cartão por outro e depois efetuaram o saque”, explicou.

Reincidentes

Conforme o titular da Derfd, a dupla já foi presa mais de 12 vezes em outros estados do país, inclusive, uma das prisões foi realizada em Brasília, por agentes da Polícia Federal, pela prática do mesmo crime, com o mesmo modo de operação.

“Algumas vezes eles se passavam por funcionários do banco, outras vezes não. Ao que tudo indica, eles só estavam aqui para passar uma temporada, aplicar os golpes e ir para outros estados. Não descartamos a possibilidade de outras seis pessoas terem sido vítimas desses infratores. A Derfd ainda vai entrar em contato com as vítimas e, caso alguém os reconheça como autores do delitos, peço que entrem em contato com a Derfd para que possamos ouvi-las e iniciarmos os procedimentos cabíveis”, ressaltou Felix.

Flagrante

No prédio da Derfd, Fábio e Fabrício foram autuados em flagrante por furto qualificado mediante fraude. Ao término dos procedimentos cabíveis na especializada, os irmãos serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul.

(Redação do Blog Por Mario Adolfo)

Deixe sua Mensagem

comentários