Segurança

Condutor do carro que matou três jovens mentiu ao procurar a polícia militar de Sucesso.

O condutor do carro que atropelou e matou as três jovens tamborilenses na madrugada da última quinta-feira (13) mentiu ao procurar a polícia militar do distrito de Sucesso. Segundo o soldado Gleydson que estava de plantão no destacamento policial, Francisco Leandro disse que teria sofrido uma tentativa de assalto.

Ele disse aos policias que dois carros teriam tentado bloquear a CE e ao tentar desviar perdeu o controle do corola e caiu em um barranco as margens da rodovia. Leandro informou que já havia solicitado o reboque. Mesmo assim os policiais militares, sargento Wilton e soldado Gleydson foram ao local onde estava o carro e viram marcas de frenagem na pista e o carro realmente havia saído fora da CE.

Os policiais afirmaram que em nenhum momento o condutor do corola informou que havia colidindo com alguma coisa. 

Desde que foi publicado matéria aqui no blog com o depoimento de Leandro, que questionamentos têm sido realizados em relação à negativa do mesmo em prestar socorro as vitimas, já que em depoimento, ele afirma que viu o corpo de uma das jovens e a motocicleta dentro do matagal já foram da CE. 

A versão dos policiais militares mostra de forma clara que Leandro ocultou informações sobre a colisão e que se negou a prestar ajuda quando afirma ter visto o corpo de uma das vítimas. 

Em entrevista ao companheiro Gonçalinho Rodrigues o soldado Gleydson afirma o que disse Leandro.

Ouça no player abaixo.

 

Deixe sua Mensagem

comentários

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146 outros assinantes