Regional

Crateús: Lago de Fronteiras está com verbas travadas; diz diretor do Dnocs.

O diretor-geral do Dnocs, Ângelo Guerra, faz gestões, junto ao Ministério da Integração Nacional, por recursos para as obras da barragem do açude Lago de Fronteiras, em Crateús. A informação é do Blog do Eliomar de Lima.

A obra vem sendo tocada, mas ele não especificou valores, pois o orçamento, no fim de 2017, sofreu contingenciamentos. O valor total do projeto é de R$ 170 milhões. Ângelo Guerra garante que o Lago de Fronteiras terá andamento, sem maiores problemas, neste ano. 

Por outro lado, alguns deputados federais e o senador Eunício Oliveira garantem que não faltará dinheiro para a conclusão da obra, que já está acontecendo a todo vapor.

Deixe sua Mensagem

comentários