Regional

Entrevista: Corpo de bombeiros alerta que queimadas é crime e pode levar prisão.

Tem se tornando cada vez mais comum, as queimadas ocorridas às margens das rodovias estaduais que cortam o interior do Ceará. A prática, a pesar de antiga é feita sob o pretexto de limpeza do mato que às vezes “invade” o asfalto, mas trás consigo um forte agravante a natureza e a saúde da população.

CE-176 – TAMBORIL

Na noite da quarta-feira (10) nossa reportagem flagrou uma ação dessa natureza na CE entre Tamboril e Catunda. De longe se via a fumaça e as chamas do fogo que estava às margens da rodovia. Paramos pra fazer fotos e vídeos do fogo que já avançava sobre a vegetação de um terreno particular. A nossa presença afastou os responsáveis pela ação que usando uma motocicleta fugiram do local assim que paramos.

O tema foi pauta do Jornal, A HORA DA VERDADE da Feiticeiro Fm de Tamboril nesta quinta-feira (11), com a participação do Cabo Costa do Corpo de Bombeiros de Crateús, que alertou a população sobre os riscos e o crime que é cometido por quem coloca fogo as margens das rodovias ou até mesmo em outros locais.

Segundo o militar, nessa época do ano onde a vegetação está seca, os focos de incêndio aumentam muito e as ocorrências são registradas nas mais diferentes cidades da região dos Sertões de Crateús, área de atuação do Corpo de Bombeiros de Crateús.

Diferente do que muitos pensam queimar a vegetação as margens das rodovias e até mesmo para plantio em terrenos na zona rural, enfraquece o solo, mata os nutrientes e acaba degradando o meio ambiente. A difícil conscientização do homem do campo em relação há esse ano, vai contribuindo anualmente para que o solo, que se torne cada vez mais improdutivo.

Nas zonas urbanas, os focos de incêndio também têm despertando a população para o debate. Recentemente a população de Nova Russas viveu uma situação desagradável em relação ao assunto. O fogo colocado em um terreno particular avançou sobre a vegetação e provocou uma nuvem de fumaça negra que invadiu ruas e avenidas, provocando a evacuação de alguns moradores que saíram de casa porque não aguentava inalar a fumaça. O incêndio tido como criminoso, aconteceu próximo à escola profissionalizante do município e os alunos também tiveram que abandonar as aulas. Crianças, idoso e pessoas com problemas respiratórios são as mais prejudicadas. Um vídeo gravado por populares mostra a gravidade do problema.

Cabo Costa ressalta que quem for pego colocando fogo as margens das rodovias pode ser preso e vim a responder processo judicial. Na entrevista que pode ser ouvida logo abaixo, ele fala também sobre a produção de carvão de forma irregular e a situação de degradação do leito do Rio Acaraú em Tamboril.

Ouça a entrevista completa a seguir.

Deixe sua Mensagem

comentários

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 150 outros assinantes