Policial

Ex-primeira dama de Aiuaba acusa vereador de agressão.

b437653685

Uma licitação promovida pela Prefeitura Municipal de Aiuaba na manhã desta quinta-feira, 11, terminou em tumulto e agressão. O processo tinha como objetivo contratar empresa para locação de estrutura e contratação de bandas  para a festa comemorativa aos 58 anos de emancipação política do município, num valor aproximado de R$ 160 mil.

Segundo um Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Regional de Polícia Civil de Tauá pela ex-primeira dama de Aiuaba, Marinês Sales, e em entrevista concedida a Rádio Difusora dos Inhamuns, ao tomar conhecimento do processo licitatório, como cidadã ela resolveu ir a Prefeitura para acompanhar o processo e pedir explicações a Prefeita Germana Mendes, sobre os gastos da Prefeitura com a festa, tendo em vista informações de atrasos no pagamento dos servidores e o corte do fornecimento de energia elétrica de um motor-bomba que abastece a comunidade de Barra, deixando em torno de 4 mil pessoas sem água. A dívida seria de R$ 700,00, que não foi paga pela Prefeitura.

No B.O, a ex-primeira dama disse que foi impedida de entrar na Prefeitura e foi empurrada e agredida por um vereador acompanhado de seus filhos. O irmão dela, Sávio Sales foi agredido e fez exame de corpo delito em Tauá, após sair da Delegacia de Polícia Civil.

A Polícia deverá intimar os acusados para apresentarem suas versões sobre o ocorrido.

(Blog do Wilrismar)

Deixe sua Mensagem

comentários