Regional

Mais de 50 matadouros estão interditados no interior do Ceará.

Uma operação realizada pela Polícia Civil trouxe à tona um problema recorrente em várias cidades do Interior do Ceará, a comercialização ilegal de carne bovina para o consumo humano. A ação policial, denominada “Carne Podre”, ocorreu no mercado público de Quixadá.

Os policiais flagraram aproximadamente 1.500Kg chegando aos boxes, em um veículo inadequado. O abate estava sendo realizado de forma irregular, ao lado do matadouro público da cidade, interditado desde 2016. Seria um problema pontual se outras 52 unidades de abate não estivessem na mesma situação no Interior do Ceará.

Conforme a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri), as interdições ocorrem, na maioria, a partir de ações do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE). Geralmente, os promotores de Justiça recebem denúncias de irregularidades e, realizadas as investigações, constatam os problemas, grande parte por falta de estrutura e de higiene.

Os técnicos da Adagri e também da Vigilância Sanitária são acionados para certificarem as infrações. Em desacordo com as leis de regulação e de funcionamento, esses locais são fechados até se adequarem às normas sanitárias e ambientais.

(Diário do Nordeste)

Deixe sua Mensagem

comentários

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 166 outros assinantes