Regional

Morre a eterna professora “machadinha” de Crateús.

No Dia Internacional da Mulher, Dia 08 de Março, Crateús perde uma das suas mulheres de mais talento, uma educadora que dedicou sua vida, melhorando a qualidade da educação da Terra do Senhor do Bonfim, a nossa eterna e querida “Tia Machadinha”, uma mulher guerreira, trabalhou muito pela educação pública e particular da nossa de Crateús.

Maria da Conceição Machado Lima, por muitos anos, foi professora do curso normal da Escola Estadual Regina Pacis, participou da formação de centenas de professores do nosso município, passou a ser chamada carinhosamente de “Tia Machadinha”. Por muitos anos trabalhou como coordenadora do eterno colégio Pio XII, onde realizou mais um belo trabalho em favor da educação, ocupou o cargo de secretaria municipal de educação na gestão do eterno prefeito Paulo Nazareno, contribuiu muito, com a melhoria da qualidade da Educação Pública Municipal.

Para ela, “educar era a razão principal da sua vida fascinante”, por muitos anos, trabalhou como coordenadora da Escola Sônia Burgos, sua estrela mais uma vez, ajudou a melhorar a educação, foi uma excelente professora e conhecia muito da legislação educacional do nosso país. Trabalhou muito pela fundação da Faculdade Princesa do Oeste, e da regularização junto ao Ministério da Educação, dos Cursos Superiores de Enfermagem, Psicologia e Serviço Social, desta importante Faculdade de Crateús.

A professora contribuir em todos os níveis do ensino, melhorou a educação pública e particular de Crateús. E entre para a História da educação de Crateús e da região. Ele morreu no final da noite da quinta-feira (08), em Fortaleza.

(Professor Arquimedes – texto adaptado)

Deixe sua Mensagem

comentários

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 173 outros assinantes