Segurança

Mulher pode ter sido morta por engano em Crateús.

Uma jovem de 22 anos, foi vítima de feminicídio na cidade de Crateús. Islene Pereira Alcântara, morava com o filho menor de idade e uma amiga no Bairro de Fátima I. Segundo a polícia, dois homens chegaram ao local por volta das 20h desta quinta-feira (15) e efetuaram vários disparos de arma de fogo. Islene foi atingida por dois disparos, um na cabeça e outro em uma das mãos ela não resistiu e morreu no local.

A dupla fugiu sem ser identificada pela polícia e ate o fechamento desta matéria ninguém havia sido preso.

Levantamentos realizado pela polícia,indica que Islene Pereira, foi morta por engano. Já que a amiga que morava com ela, vinha sofrendo ameaças. 

Um inquérito foi aberto para apurar o crime.

 

Deixe sua Mensagem

comentários

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 173 outros assinantes