Destaques

Pedido de aposentadoria por tempo de contribuição pode demorar até 4 meses no Ceará.

Os cearenses que desejam se aposentar por tempo de contribuição levam até quatro meses para serem atendidos nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) do Estado. De acordo com pesquisa direta, realizada pela reportagem do Diário do Nordeste no dia 15 de janeiro, os contribuintes que tentam marcar atendimento pela internet na agência Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), só têm a opção para o dia 16 de maio deste ano.

Na Capital, das oito unidades do INSS, seis agendavam pela internet um atendimento deste tipo. As agências Centro e Messejana não dispunham de marcação para o serviço desejado e a unidade do bairro Damas só disponibilizava o serviço no dia 22 de março, período mais longo reportado pelo sistema para a cidade de Fortaleza.
Já a agência da Desembargador Moreira, na Aldeota, marcava atendimento um dia após solicitado, ou seja, período mais curto para o contribuinte ser atendido nas unidades da Capital.

Contatado pela reportagem, o INSS não informou até o fechamento desta edição o tempo médio de espera para todos os serviços agendáveis no Estado. Atualmente, o Ceará conta com 89 agências, sendo 81 no Interior e oito em Fortaleza.

Interior

No Interior do Estado, segundo a pesquisa direta, a agência de Quixadá apresentou o período mais longo para ser atendido após a consulta. O agendamento nesta unidade seria realizado no dia 16 de abril.

A simulação levou em consideração as agências nas cidades de Crato, Juazeiro do Norte, Sobral, Limoeiro do Norte, Itapipoca, Jaguaribe, além de Quixadá.

No Crato, o atendimento seria feito no dia seguinte à pesquisa (16 de janeiro), seguido de Itapipoca (17/1), Juazeiro do Norte (26/1). Limoeiro do Norte e Sobral nos dias 21 e 23 de fevereiro, respectivamente. E em Jaguaribe o contribuinte seria atendido no dia 6 de março.

RMF

Além de Caucaia, na RMF, a pesquisa direta também foi feita nos municípios de Maracanaú e Maranguape. Na primeira cidade, com duas unidades do INSS disponíveis para este tipo de atendimento, os serviços estavam aptos para marcação nos dias 14 e 26 de março, nas agências Pacatuba e Maracanaú. Já em Maranguape, o agendamento estava disponível para o dia 21 de março.

Serviços

Cerca de 27 serviços podem ser agendados atualmente pelo site do INSS. Os principais são “Aposentadoria por Idade Urbana e Rural” e “Aposentadoria por Tempo de Contribuição”, mas existem outros como: “Benefício Assistencial do Idoso”; “Benefício Assistencial a Pessoa com Deficiência”; “Pensão”; “Salário Maternidade”; e “Seguro Desemprego do Pescador Artesanal”.

Um dos serviços cujo agendamento também podia ser feito online é a “Atualização de Cadastro”, mas, desde 2016, essa deixou de ser uma opção para os segurados. Segundo o Instituto, a atualização do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) é realizada presencialmente, nas agências, no momento do pedido da aposentadoria ou de qualquer outro benefício.

Ferramenta

O INSS disponibiliza ainda uma ferramenta para facilitar o atendimento dos segurados. O site Meu INSS (meu.Inss.Gov.Br) pode ser acessado por meio de computador ou celular. A ferramenta permite fazer agendamento e realizar consultas, de acordo com o órgão.

“No Meu INSS, o segurado acessa e acompanha todas as informações da sua vida laborativa, como dados sobre contribuições previdenciárias, empregadores e períodos trabalhados. Na ferramenta também estão disponíveis o histórico de crédito, carta de concessão, declaração do benefício (Consta/Nada Consta), declaração de regularidade do contribuinte individual e consulta à revisão de benefício – Artigo 29. Além disso, é possível encontrar uma agência do INSS mais próxima e agendar atendimento”, informa.

A ideia é que o segurado seja diretamente notificado sobre informações como pagamento de benefícios, exigência de documentos e possibilidade de aposentadoria próxima.

Agência Digital

Conforme o INSS, outra vertente da nova forma de atendimento que está sendo pensada no INSS é a Agência Digital, em que os requerimentos dos segurados são trabalhados totalmente em meio eletrônico. Os documentos são digitalizados e todo o processamento dos benefícios é feito sem a geração de papeis ou processos físicos.

(Diário do Nordeste)

Deixe sua Mensagem

comentários

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 166 outros assinantes