Destaques

Pronatec tem 400 vagas destinadas à detentos e egressos do sistema penitenciário cearense.

Com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica, por meio de assistência técnica e financeira, a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus), em parceria com o Ministério da Educação (MEC), oferta 400 vagas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para internos e egressos do sistema penitenciário. As aulas estão acontecendo, desde a última segunda-feira (11), na Coordenadoria de Inclusão Social do Preso e do Egresso da Sejus (Cispe) e também em unidades prisionais.

As aulas ministradas são de operador de computador, cuidador de idoso, assistente administrativo e agente de conservação de limpeza e têm a carga horária de 160 horas/aula. Além da Cispe, o treinamento acontece nas unidades prisionais Sobreira Amorim, CPPL 1, Cepis, IPF e Irmã Imelda.

Para Cristiane Gadelha, coordenadora da Cispe, é preciso investir na capacitação profissional dos internos e egressos. “Somente com esse aprendizado é possível darmos uma oportunidade para essas pessoas, dar subsídios para que elas possam recomeçar”, explica a coordenadora.

Os cursos iniciam na CISPE e vão até o dia 31 de julho. Os alunos matriculados recebem certificado, bolsa de R$ 320 e vale transporte.

(Com Sejus)

Deixe sua Mensagem

comentários

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 173 outros assinantes