Policial

Estudantes fazem caminhada pela paz no trânsito em Independência

b0f681dae2

Na manhã desta quarta-feira, 17, estudantes da Escola Profissionalizante Manoel Mano, de Crateús, fizeram uma caminhada pelas ruas da cidade de Independência pedindo paz no trânsito e reivindicando seus direitos como estudantes. Eles afirmam que o transporte escolar nem sempre está disponível e que, muitas vezes, precisam pagar a gasolina ou a diária do motorista.

Na escola, estudava Antônio Wellow Sales de Oliveira, 16 anos, uma das vítimas do acidente de trânsito que ocorreu na última segunda feira, na BR-226, próximo à cidade. Ele veio a óbito em atendimento emergencial na cidade de Independência. No dia seguinte, ocorreu o velório do estudante. A cidade estava comovida.

“O enterro foi uma coisa comovente. A igreja estava lotada. Todos os alunos, aonde ele estudava, estavam presentes. Os pais do adolescente estavam desesperados. Foi um momento lamentável, de grande comoção para a população” destacou a aposentada, Marcela Teixeira.

O acidente foi entre uma van da Cooperativa dos Motoristas de Transporte Alternativo de Crateús (Cooptranscrat) e um veículo Fiat Strada, por volta das 6h15. A colisão frontal entre os veículos provocou a morte de três pessoas. De acordo com a Delegacia Municipal de Independência, a Van seguia no sentido da cidade de Crateús. Nela estavam estudantes e trabalhadores.

Foi na localidade de Várzea Alegre onde a Van colidiu frontalmente com o carro conduzido por Antônio Waldonio Soares da Silva. O homem teve morte imediata. Após o acidente, toda a região se mobilizou para atender os feridos.

Segundo informações da coordenação de recepção do Hospital Geral de Crateús, 22 pessoas deram entrada como vítimas do acidente. Foi convocada toda a equipe de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem da cidade.

Destas vítimas, três foram encaminhadas para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Francisca Lopes de Sousa, 70 anos, acabou não resistindo e faleceu a caminho. Conforme a Santa Casa de Sobral, apenas uma adolescente, Nadja Luiza Coutinho Carvalho, 15 anos, encontra-se internada com um trauma abdominal. Seu estado é grave, mas estável. Encontra-se em coma induzido.

A reportagem buscou contato com a Secretaria de Educação do Município de Independência, mas até o fechamento desta edição, não houve retorno.

(Diário do Nordeste)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm