Policial

Tamboril, Monsenhor Tabosa e Catunda, recebem mutirão do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural

ProgramaDocumentaçao

Trabalhadoras rurais de Tamboril, Monsenhor Tabosa e Catunda, ganharão emissão de documentos dentro do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural, do Ministério do Desenvolvimento Agrário.

A emissão de documentos para as trabalhadoras rurais, acontecerá entre 22 à 27 de setembro. Essa é uma ação gratuita, que vai oportunizar a emissão de carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho e registro de nascimento.

A coordenadora estadual do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural, Mara Lopes, explica que os agricultores desses municípios têm dificuldade para tirar documentos por causa da distância até os centros urbanos. “Os mutirões facilitam a vida dos agricultores familiares. Por isso, quando há mutirões, sempre a procura é muito grande”, afirma.

Mara defende que o mutirão de documentação é a porta de entrada para as políticas públicas do MDA que melhoram a convivência com o semiárido. “Com essas políticas, a gente vem acertando e percebendo a importância dessa assistência para amenizar o sofrimento do sertanejo”, conclui.

10639599_294585727399348_8225606515318197246_n

No Estado do Ceará, foram feitos 368 mutirões que beneficiaram mais de 39 mil mulheres. No Nordeste, desde o começo do programa, já ocorreram 2.817 mutirões e mais de 1,2 milhões de documentos foram emitidos.

Em Tamboril, o mutirão acontece, até quarta-feira, dia 24 de setembro, na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, no horário de 08 às 17h.

Em Monsenhor Tabosa, dia 25 de setembro, o mutirão será na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, no horário de 08 às 17h.

Em Catunda, o mutirão acontecerá dia 27/09, de 08 as 17h, na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais.

(com informações do MDA)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm