Policial

Bando sequestra o pároco de São Benedito e leva Hilux da Diocése

Após celebrar missa durante os festejos da padroeira do município de São Benedito, na noite dessa sexta-feira (03), o Padre Lusmar Sousa Fontenele, 38, foi rendido por dois homens desconhecidos ao chegar na casa paroquial e levado juntamente com a Hilux branca de placa OSO 6568 da Diocése de Tianguá. 

A dupla se encontrou com o resto do grupo numa estrada carroçal, após percorrerem cerca de 120 km até chegarem em Sobral, precisamente no loteamento “mãe rainha”, caminho da localidade das “marrecas”. Lá, eles abandonaram o padre Lusmar, que logo pediu ajuda ao vigilante do loteamento. O  Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (CIOPS) foi acionado e as viaturas 1202 e 1201 do Ronda do Quarteirão, com o sargento Fonteles, soldados Alberto, Ximenes, Dourado, Viana e o cabo Erivelton atenderam a ocorrência, mais até às 6h deste sábado (04), nenhuma pista dos acusados foi encontrada. 

Policiais da região foram avisados do veículo roubado e buscam interceptar o bando. O pároco conta que um dos criminosos que o abordou estava nervoso e só se acalmou ao tomar conhecimento que a vítima era o pároco daquele município. A dupla se comunicava com os outros integrantes do grupo durante todo o percurso através de um celular e estavam vestindo roupas de marca. 

Lusmar conta que uma festa particular estava sendo divulgada para a noite de sexta-feira, aproveitando os festejos religiosos e se posicionou contra o evento, alegando que a festa dançante só iria contribuir para a prática de crimes na cidade. “Eu passei a semana inteira batendo no risco de crimes e problemas que aquela festa traria para o nosso município e acabei sendo a vítima do crime”, desabafou o pároco de São Benedito, Lusmar Sousa. Ele compareceu à DRPC e registrou a ocorrência ainda nessa madrugada.

(Diário do Nordeste)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm