Policial

Lideranças sindicais do Ceará declaram apoio à Camilo e Dilma

Sindicalistas

Lideranças sindicais cearenses estiveram reunidos, na tarde desta quinta-feira (09 /10), para declarar apoio a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) e a eleição de Camilo Santana (PT) ao governo do Estado. No encontro, os trabalhadores lançaram um manifesto em defesa das duas candidaturas. No entendimento de todos os presentes, Camilo e Dilma se identificam com o lado do trabalhador e vão seguir construindo um Ceará mais justo e próspero, e um Brasil melhor para todos. “Camilo e Dilma – têm um lado: o lado do trabalhador, do interesse público e do projeto nacional iniciado por Lula”.

De acordo com o texto assinado pelas lideranças presentes, “nenhum trabalhador deseja retroceder à época em que o neoliberalismo conduzia a política socioeconômica, as riquezas naturais eram dilapidadas e o patrimônio público era entregue à privatização. Foi um tempo de desemprego, arrocho salarial, escassez de possibilidades, exploração e desesperança em relação ao futuro”. 

 Veja abaixo a íntegra do manifesto:

 MANIFESTO SINDICALISTAS

Pra prosseguir mudando, os trabalhadores cearenses vão de duplo 13, com Camilo e Dilma!

Os trabalhadores cearenses têm definição para as próximas eleições. Vão apoiar Camilo para governador e Dilma para presidente. Eles – Camilo e Dilma – têm um lado: o lado do trabalhador, do interesse público e do projeto nacional iniciado por Lula.

É fundamental manter a valorização do salário-mínimo, o desenvolvimento com geração de empregos e qualificação dos postos de trabalho,  o aprofundamento de políticas públicas para os cidadãos mais desamparados com o Bolsa Família, o Minha Casa Minha Vida, o ProUni, o Fies, o Pronatec o Garantia Safra e tantos outros programas populares. É assim que o Brasil e o Ceará devem continuar a crescer no futuro breve.

Nenhum trabalhador deseja retroceder à época em que o neoliberalismo conduzia a política socioeconômica, as riquezas naturais eram dilapidadas e o patrimônio público era entregue à privatização. Foi um tempo de desemprego, arrocho salarial, escassez de possibilidades, exploração e desesperança em relação ao futuro.

Hoje o trabalhador tem uma perspectiva positiva. Mas é preciso avançar ainda mais na distribuição de renda, na democratização da mídia, na qualidade da educação, na rede de atendimento da saúde pública, nos programas de habitação, na regularização de terras do pequeno agricultor e no acesso à água para consumo e produção, em abundância.

Para conduzir este avanço, Camilo e Dilma são os candidatos mais comprometidos e preparados. Eles se identificam com o lado do trabalhador e vão seguir construindo um Ceará mais justo e próspero, e um Brasil melhor para todos. E eles também se comprometem com a Reforma Política e o fim do financiamento empresarial no processo eleitoral para que a política se expresse sem condicionamento do poder econômico.

O Ceará foi um laboratório inicial para o PSDB. Eles fizeram as privatizações criminosas da Vale do Rio Doce, das empresas de telefonia, do BEC e da COELCE. Fragilizaram o estado brasileiro e querem voltar para prosseguir nestes ataques contra os direitos da maioria do povo.

Esta conjuntura político- eleitoral de segundo turno exige, portanto, atitudes firmes e determinadas no engajamento e defesa pública arrojada do projeto em curso, a ser melhorado e aprofundado, com a eleição de Camilo e Dilma. Pra frente é que se anda. Vamos prosseguir mudando a vida de todos os cearenses e brasileiros elegendo duplamente o 13 de Camilo – governador e o 13 de Dilma – presidente.

(com informações da coligação “Para o Ceará Seguir Mudando)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!