Policial

Bom Dia Brasil denuncia demora no atendimento do 190 no Ceará

Em reportagem veiculada na edição desta quarta-feira (5) do Bom Dia Brasil, cearenses reclamam da demora no atendimento prestado através do telefone 190. Uma empresária, que não quis se identificar, revela que após ter a loja assaltada e ser trancada pelos bandidos, pediu ajuda e não foi atendida.

“Eles não vieram. E outra: quando você liga no 190 fica em espera até ser atendido. A gente fica desesperado”, conta. Em uma nova tentativa, quatro dias depois do assalto, a ligação foi feita novamente, e a situação se repetiu.

O vendedor Carlos Antônio Pereira Gomes, que trabalha como ambulante em frente à loja assaltada, também ligou para o 190 e também reclamou do atendimento. “Demora que só. Se dependesse da ligação, até agora ninguém tinha vindo”, diz. 

As ligações feitas para o 190 na Região Metropolitana de Fortaleza são atendidas por funcionários terceirizados que registram os pedidos de ajuda em um sistema. Segundo os responsáveis pela central, essas informações são analisadas por policiais especializados que mandam as viaturas até onde elas são necessárias.

O serviço recebe 20 mil ligações por dia. Dessas, 4 quatro mil são registradas no sistema como ocorrências. A polícia garante que todas são atendidas, mas admite que o tempo de espera pode ser longo: “Nós não trabalhamos com a estruturação do tempo, mas com o atendimento. Para nós o importante é atender a ocorrência”, diz o major Vitor Souza, supervisor da central do 190.

(Ceará News)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm