Policial

CEARÁ – MST ocupa a sede do Incra em Fortaleza

MST

Cerca de 800 trabalhadores Sem Terra do MST ocuparam na manhã desta terça-feira (11) a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Fortaleza. 

De acordo com Pedro Neto, da assessoria de comunicação do MST, uma das principais reivindicações é a desapropriação e emissão de posse das áreas de acampamentos em todo estado. 

Temos mais de três mil famílias acampadas no Ceará, e a Reforma Agrária está paralisada. Queremos que o Incra assente de forma imediata todas as famílias acampadas no estado”,  afirmou Pedro Neto.

Outro ponto levantado pelos Sem Terra é sobre a situação da seca que assola o interior do estado. “A situação no interior é de calamidade, estamos sem água nos assentamentos e nas comunidades, e queremos que o governo federal e estadual tome providências urgentes.”

Além dos acampamentos rurais, também estão previstas manifestações dos acampamentos urbanos organizados pelo Movimento, mas o local ainda não foi informado.

Também acontecem mobilizações em Quixeramobim, no sertão central, onde os agricultores montarão um acampamento em frente à prefeitura municipal. De acordo com a coordenação do MST e do Sindicato dos Trabalhadores (as) Rurais de Quixeramobim, as reivindicações vão desde água para os assentamentos e comunidades, até a discussão com a secretaria do desenvolvimento agrário sobre o preço do leite.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm