Policial

Juíza de Tamboril recebe premiação por qualidade dos serviços prestados à justiça.

mostra_foto
                  Dra. Ariana foi a única mulher a receber o prêmio

A Corregedoria Geral da Justiça do Ceará homenageou cinco juízes com a Medalha do Mérito Jurisdicional Desembargador Carlos Facundo – “Valorização do 1º Grau”. A solenidade ocorreu nesta sexta-feira (05/12), no auditório da Corregedoria, e teve a presença de autoridades, magistrados, servidores e familiares dos agraciados.

O corregedor-geral da Justiça, desembargador Francisco Sales Neto, presidiu a mesa, composta pelos desembargadores Luiz Gerardo de Pontes Brígido (chefe do Poder Judiciário cearense) e Francisco Lincoln Araújo e Silva (vice-presidente), pela juíza Rosilene Ferreira Tabosa Facundo (representando o diretor do Fórum Clóvis Beviláqua, juiz Luciano Lima Rodrigues) e pelo juiz auxiliar da Corregedoria, Marcelo Roseno de Oliveira. Na ocasião, o coral do Poder Judiciário entoou o Hino Nacional, com acompanhamento de violino e teclado.

A condecoração foi entregue aos juízes que se destacaram, nos últimos doze meses, pelos critérios de produtividade, número de sentenças proferidas e presteza nas informações enviadas à Corregedoria. Os magistrados foram escolhidos por comissão composta pelo corregedor-geral e por juízes corregedores auxiliares.

Receberam a medalha a juíza substituta Ariana Cristina de Freitas, titular da Comarca de Tamboril (categoria Entrância Inicial), o juiz Fabiano Damasceno Maia, titular da 3ª Vara de Quixadá (Entrância Intermediária) e o juiz auxiliar da 6ª Zona Judiciária, com sede em Caucaia, Francisco Marcello Alves Nobre (Entrância Final). Entre os Juizados Especiais Cíveis e Criminais (JECCs), os destaques foram os juízes Ricardo Alexandre da Silva Costa (JECC de Iguatu) e Aluísio Gurgel do Amaral Júnior (20º JECC de Fortaleza).

O juiz Aluísio Gurgel do Amaral Júnior falou em nome dos agraciados. “Compartilho essa homenagem com todos que trabalham incansavelmente para a melhoria dos serviços judiciais. Estou emocionado e prometo me empenhar cada vez mais no propósito de fazer justiça, sempre”.

O desembargador Sales Neto disse que “estamos prestando justa homenagem aos que se destacaram nas atividades jurisdicionais. Apesar das dificuldades enfrentadas pelo Poder Judiciário, os senhores se sobressaíram, fizeram a diferença. Que sirva de estímulo para outros desafios que virão”. O corregedor-geral também ressaltou a trajetória de vida do desembargador Carlos Facundo, patrono da Medalha e falecido em agosto deste ano. Ele recebeu homenagem, in memoriam, pelos relevantes serviços prestados à Justiça estadual. A placa de reconhecimento foi entregue a Ilza Landim Facundo, esposa do desembargador falecido.

Também participaram da solenidade os desembargadores Francisco Gladyson Pontes, Maria Nailde Pinheiro Nogueira e Maria Edna Martins, e a vice-procuradora Geral de Justiça, Eliane Alves Nobre.

A Medalha do Mérito Jurisdicional foi instituída por meio do Provimento nº 4/2014 da Corregedoria Geral da Justiça. A relação dos agraciados foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico de 12 de novembro.

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Alerta: Conteúdo protegido !!