Policial

Tio Antônio, o homem que nasceu na “Seca do 15” e completou 100 anos nesta segunda-feira (02).

Tio antonio

Em 2015, o fenômeno da “Seca do 15” registra 100 anos no Nordeste Brasileiro, onde inúmeras pessoas fugiram do sertão para se abrigar nas cidades litorâneas e nos grandes centros do País.

A seca e a fome mataram milhares de nordestinos, mas outros também nasceram como é o caso do quixeramobienense Antônio Raimundo Medeiros, que hoje, 02, completa 100 anos.

Natural do Distrito de Paus Brancos, “Tio Antônio”, como é chamado carinhosamente pelos familiares e amigos, desde muito jovem trabalhava como agricultor. O idoso que nunca se casou revelou à nossa reportagem uma de suas maiores paixões na juventude: Dançar forró. “Era um pra cá, outro pra lá”, disse o centenário em tom de brincadeira. 

Tranquilo, Seu Antônio tem costumes simples: “Ele disse que nunca perdeu uma noite de sono e não assiste televisão porque não quer atrapalhar o sono”, disse um de seus sobrinhos.

(sistema maior de comunicação)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm