Policial

Compra de leite pelo PAA em 2014 injetou mais de R$ 17 milhões na agricultura familiar

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) adquiriu mais de 2 toneladas de leite em 2014. A aquisição do produto foi feita por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), e injetou mais de R$ 17 milhões na  cadeia produtiva de leite da agricultura familiar. A medida é uma ação articulada com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

A maior parte do leite foi adquirida por meio da Compra Direta, operação na qual a Conab adquire produtos com objetivo de sustentar o preço do produto ao agricultor familiar nos momentos em que o mercado apresenta tendência constante de queda no preço.  Para esta ação, o MDS repassou a Conab R$ 12,85 milhões para a compra de 1,117 tonelada de leite em pó. O leite adquirido vem sendo utilizado para beneficiar as famílias que se encontram em situação de insegurança alimentar e nutricional.

Na modalidade Formação de Estoques pela agricultura familiar, foram destinados recursos oriundos do MDA na ordem de R$ 3,3 milhões totalizando 306,52 mil quilos de leite em pó. Neste caso, os recursos funcionam como apoio financeiro para constituição de estoques de alimentos por organizações fornecedoras, para posterior comercialização e devolução dos recursos ao poder público.

A Conab também aplicou, por meio de verbas do MDS, mais R$ 1,25 milhão na aquisição de 793 mil quilos de leite UHT integral, por meio da modalidade Compra com Doação Simultânea. Nestas operações,  a Conab adquiriu o produto da agricultura familiar para abastecer os equipamentos públicos de alimentação e nutrição e também as ações de acesso à alimentação empreendidas por entidades da rede socioassistencial local.

O PAA tem como finalidade essencial o apoio aos agricultores familiares e suas organizações, por meio da aquisição de alimentos de sua produção. Os alimentos adquiridos são destinados ao abastecimento da rede sócio assistencial, aos equipamentos públicos de Segurança Alimentar e Nutricional como os restaurantes populares e as cozinhas comunitárias e também a grupos populacionais em situação de vulnerabilidade social.

(Conab)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm