Policial

Com pouco mais de 04 anos como desembargador, Paulo Timbó pede aposentadoria voluntária.

Paulo Timbó

O desembargador Paulo Timbó, irmão do ex-prefeito Chico Timbó e do ex-deputado e ex-conselheiro aposentado Pedro Timbó, solicitou aposentadoria voluntária do Tribunal de Justiça do Ceará. O pedido por requerimento, é datado do dia 27 de fevereiro. 

A decisão de Paulo Timbó, ocorre com cinco anos incompletos no cargo de desembargador, que veio a assumir em 26 de novembro de 2009.

A antecipação voluntaria da aposentadoria do desembargador, acontece em meio a uma investigação do Conselho Nacional de Justiça, sobre o suposto esquema de concessão irregular de habeas corpus nos plantões de fim de semana do judiciário cearense. 

Em mais de quatro anos como desembargador do Tribunal de Justiça do Ceará, Paulo Timbó julgou muito processos, um dos casos de repercussão foi a concessão de liminar para colocar em liberdade um pistoleiro do Jaguaribe, acusado de matar 11 pessoas. (PROCESSOS: 0075785-09.2012.8.06.0000 e 0075785-09.2012.8.06.0000)

Como desembargador aposentado, Paulo Timbó vai continuar recebendo o salario mensal no valor de R$ 30.471,11 (trinta mil, quatrocentos e setenta e um reais e onze centavos). O ato de aposentadoria foi publicado na edição desta segunda-feira (02), no Diário Oficial Eletrônico do TJCE.

(Foto: Tribunal de Justiça)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!