Policial

Anvisa aprova novo medicamento para hepatite C

Os pacientes com hepatite C terão acesso a um dos tratamentos mais inovadores e eficientes disponíveis no mundo para o combate à doença. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta quarta-feira (11) o registro de um novo medicamento para o tratamento da hepatite C crônica, o simeprevir. Ele se junta ao daclatasvir – aprovado em janeiro deste ano – e o sofosbuvir – ainda em análise na agência – para compor o mais novo e eficiente tratamento contra a doença disponível no mundo. O Brasil será um dos primeiros países a adotar essa nova tecnologia na rede pública de saúde.

Os três produtos tiveram análise priorizada pela Anvisa, pois são de interesse público para as políticas de tratamento da hepatite do Ministério da Saúde. A prioridade é solicitada sempre que o medicamento apresenta interesse estratégico ao Sistema Único de Saúde (SUS). Trata-se de tecnologia inovadora que proporciona benefícios aos pacientes. A previsão é que o tratamento completo com todos os medicamentos seja incorporado ainda este ao SUS.

Antes de serem disponibilizados aos pacientes, os medicamentos devem ser analisados pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias (Conitec). A comissão garante a proteção do cidadão com relação ao uso e eficácia do medicamento, por meio da comprovação da evidência clínica consolidada e o custo-efetividade dos produtos.

As evidências científicas apontam que os novos medicamentos apresentam um percentual maior de cura (cerca de 90%); tempo reduzido de tratamento (passa de um ano, em média, para três meses de tratamento); redução da quantidade de comprimidos , além da vantagem do uso oral. Vale ressaltar que esses medicamentos também podem ser utilizados em pacientes que aguardam ou já realizaram transplante. São produtos de menor toxicidade, com menos efeitos colaterais. A expectativa é que o novo tratamento beneficie 60 mil pessoas nos próximos dois anos

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm