Policial

Seminário avalia e planeja assistência técnica para 3.644 famílias no Ceará

A Superintendência Regional do Incra no Ceará realizou essa semana seminário de avaliação e planejamento do serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) prestado a 3.644 famílias assentadas, de 73 assentamentos. A autarquia no estado pretende renovar os contratos das empresas responsáveis pelo atendimento, selecionadas em Chamada Pública para realizar a ação no período de um ano. O objetivo da renovação é assegurar a continuação da ATER às famílias beneficiadas.

O encontro ocorreu de 9 a 12 de março, na Casa Cordemariana, no município de Caucaia (CE), reunindo técnicos das empresas de ATER, servidores do Incra e assentados. Durante quatro dias 52 participantes debateram assuntos relativos à capacitação das famílias e ao desenvolvimento dos assentamentos.

Temas como o Contexto Geral do Plano Nacional de Desenvolvimento Rural Social e Sustentável (PNDRSS), proposta de transição para uma agricultura agroecológica, serviços ofertados pela ATER e o potencial de projetos artístico-culturais para desenvolvimento social das famílias assentadas foram abordados.

As empresas Cooperativa de Prestação de Serviço e Assistência Técnica (Copasat), Instituto Regional de Desenvolvimento Sustentavel do Semiarido (IRDSS), Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao Trabalhador (Cetra) e Terra Três tiveram seus serviços prestados durante o ano de 2014 avaliados de forma participativa, por meio de trabalhos em grupo, plenárias e debates.

Vinte assentados foram convidados a dar depoimentos sobre a Ater realizada pelas empresas. Eles representaram famílias beneficiadas em assentamentos localizados nos municípios de Alto Santo, Ararenda, Boa Viagem, Crateús, Independência, Iracema, Ocara, Madalena, Potiretama, Russas, São João do Jaguaribe, Santana do Acaraú e Tabuleiro do Norte.

Continuidade e Universalização

O superintendente do Incra/CE, Roberto Gomes, ressaltou, na abertura do evento, a importância na continuação da ATER, como uma política pública fundamental para o desenvolvimento das famílias assentadas. “Temos o desafio de dar continuidade ao serviço de assistência técnica, o que será alcançado através da renovação dos contratos”, disse. A meta agora, segundo Gomes, é garantir a cobertura de ATER a todas as famílias assentadas. “Outra meta é garantir a universalização do serviço, que pretendemos realizar em breve”, disse.

De acordo com o chefe da Divisão de Desenvolvimento do Incra/CE, Marcos Cândido, a importância em avaliar e planejar o trabalho das empresas está no fato de que a oferta de ATER é imprescindível para realização da maioria das ações voltadas ao desenvolvimento dos assentamentos. “A realização de projetos produtivos e concessão de créditos para produção, por exemplo, são ações que só podem ser feitas com a oferta de Ater garantida”, afirma Cândido, acrescentando que “por isso é preciso realizar eventos como esses, para fortalecer a ação”.

10,3 mil famílias beneficiadas

O Incra/CE realizou uma nova Chamada Pública onde selecionou no começo deste ano de 2015 oito entidades de ATER para prestação do serviço a 10,3 mil famílias, de 208 assentamentos e uma reserva extrativista, divididos em 14 lotes de atuação regional. Serão investidos R$ 18,7 milhões na ação. Outra chamada pública está prevista para este semestre, com a meta de realizar cobertura total a todas as famílias assentadas no estado.

Assessoria de Comunicação Social do Incra/CE
(85) 3299-1307
[email protected]
facebook: incraceara
twitter: @incraceara
http://www.incra.gov.br/ce

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!