Policial

MP investiga prefeitura do Crato por supostas fraudes em licitações

O Ministério Público (MP) do Ceará investiga supostas fraudes em processos licitatórios na prefeitura do Crato, município da região do Cariri, a 504 quilômetros de Fortaleza. Com o apoio das polícias Civil e Militar, foram cumpridos ontem (27) mandados de busca e apreensão na sede da prefeitura, com o objetivo de colher provas.

Segundo o promotor responsável pelo caso, Igor Pinheiro, as investigações começaram a partir de relatórios do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que apontavam irregularidades em licitações ocorridas entre 2013 e 2014. No entanto, a partir do material apreendido ontem, o promotor informou que as investigações também vão abranger o ano de 2015.

Entre as supostas irregularidades apontadas nas investigações do MP, estão a dispensa de licitação beneficiando doadores de campanha do atual prefeito Ronaldo Sampaio Gomes de Mattos e o superfaturamento na contratação de transporte escolar. “Ao fazer a comparação entre a distância das escolas e a quilometragem que teria sido licitada, o TCM verificou divergência de quilometragem bastante expressiva, o que indica possível superfaturamento. Se foi licitada quilometragem a mais, foi pago algo a mais que não deveria ter sido”, relatou o promotor.

As licitações investigadas somam mais de R$ 3 milhões. Por meio da assessoria de imprensa, a prefeitura do Crato informou que está à disposição para colaborar com as investigações.

(Agência Brasil)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm