Policial

Governo viabiliza o Projeto de Recuperação Ambiental da Bacia do Rio Acaraú

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) e a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), estão com discussão em andamento sobre o Projeto de Recuperação Ambiental da Bacia do Rio Acaraú.

O projeto de revitalização será voltado para promover a Educação Ambiental, e contará com a mobilização das Igrejas, escolas e comunidade do entorno. Para o titular da SEMA, Artur Bruno, afirmou que é um projeto de fôlego, que a sociedade precisa abraçar a causa. “É fundamental envolver a comunidade, as igrejas e universidades”, orientou Artur Bruno.

Dois pilares sustentarão o projeto, entre eles está o programa âncora de Educação Ambiental, que contará com a produção e disponibilização de um vídeo sobre a situação da Bacia do Rio Acaraú em relação à poluição do solo e da água, desmatamento e erosão do solo, produção e implantação de um plano de mídia, realização de 12 seminários, caravana tecnológica, onde um micro-ônibus percorrerá as escolas, trabalhando a economia da água e a disponibilização de uma cartilha ambiental. No outro pilar estarão os projetos específicos, tais como:Realização do diagnóstico ambiental, Implementação de APP nas nascentes, Estimulação da preservação da mata ciliar a serem reflorestadas, Instalação de um viveiro de mudas, e Mapeação dos processos erosivos e pontos de poluição.

A bacia hidrográfica da área é de 14.423 km², passa por 27 municípios e banha a sede de 10 deles: Monsenhor Tabosa, Tamboril, Varjota, Groaíras, Sobral, Santana do Acaraú, Morrinhos, Marco, Cruz e Acaraú.

Um grupo de trabalho, esta sendo formando, visando viabilizar o andamento do projeto. 

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!