Policial

Primeira fábrica de preservativos do estado será construída em Tauá.

Tauá inaugura em agosto a primeira fábrica de preservativos do Ceará. A Alltex já instalou 80% de seu maquinário em Tauá, município a 337 km de Fortaleza. A empresa funcionava desde 2006 no Amazonas e encerrou as atividades por lá visando atender o mercado da região Nordeste.

“Decidimos a nova instalação entre o Ceará e Pernambuco”, afirma José Falabella, diretor jurídico e comercial da Alltex. Ao todo serão investidos R$ 17,7 milhões, sendo R$ 2,7 milhões de incentivos do Governo do Estado utilizados na construção do galpão.

A unidade terá dois mil m² de área construída. Entre quatro e seis meses, a empresa prevê funcionamento de 100% da capacidade para produzir 16 milhões de preservativos por mês, dobrando a produção da antiga fábrica, e gerando 200 empregos diretos.

“Nosso maior desafio é criar mão de obra qualificada na cidade”, declara Falabella. O foco principal no primeiro momento é atender o Nordeste e, posteriormente, todo mercado nacional com planos de chegar ao Mercosul.

De acordo com a direção da empresa, a produção vai ser iniciada com linhas de preservativos, mas podem ampliar para outros produtos que utilizem o látex em sua composição, como luvas e fios cirúrgicos. “Vai depender dos estudos de mercado”.

A Alltex prevê lançamento da camisinha VIP, produzida com látex sintético, indicado para pessoas com alergia ao látex natural, e com propriedades para confecção de preservativos mais finos.

Segundo a superintendente da Agência de Desenvolvimento de Tauá (Adecont), Márcia Noronha, o plano é colocar a cidade em visibilidade para grandes empresas com foco no desenvolvimento econômico da região

O município recebeu há pouco mais de um ano, a empresa gaúcha Bakof Tec, que atua no segmento de fibra de vidro e polietileno. Com 90 funcionários diretos e 300 indiretos, produz cisternas que atendem a demanda dos programas de governo relacionados com a falta de água.

Atualmente, opera em galpões alugados pela Prefeitura, mas tem protocolo firmado para construção de unidade que ampliará a produção.

Polo Industrial

A prefeitura de Tauá vai investir cerca de R$ 3,5 milhões para construção do Polo Industrial da Pequena Indústria, que beneficiará cerca de 50 empreendimentos.

“O Polo será um espaço destinado para os empresários locais com necessidade de expandir seus negócios”, afirmou a superintende Márcia. Noronha.

O projeto é uma parceria do município com a Associação das Micro e Pequenas Indústrias de Tauá e será implantado no setor J, dentro do perímetro Várzea do Boi.

Polo Calçadista

Tauá inaugura em agosto a primeira fábrica de preservativos do Ceará. A Alltex já instalou 80% de seu maquinário em Tauá, município a 337 km de Fortaleza. A empresa funcionava desde 2006 no Amazonas e encerrou as atividades por lá visando atender o mercado da região Nordeste.

“Decidimos a nova instalação entre o Ceará e Pernambuco”, afirma José Falabella, diretor jurídico e comercial da Alltex. Ao todo serão investidos R$ 17,7 milhões, sendo R$ 2,7 milhões de incentivos do Governo do Estado utilizados na construção do galpão.

A unidade terá dois mil m² de área construída. Entre quatro e seis meses, a empresa prevê funcionamento de 100% da capacidade para produzir 16 milhões de preservativos por mês, dobrando a produção da antiga fábrica, e gerando 200 empregos diretos.

“Nosso maior desafio é criar mão de obra qualificada na cidade”, declara Falabella. O foco principal no primeiro momento é atender o Nordeste e, posteriormente, todo mercado nacional com planos de chegar ao Mercosul.

De acordo com a direção da empresa, a produção vai ser iniciada com linhas de preservativos, mas podem ampliar para outros produtos que utilizem o látex em sua composição, como luvas e fios cirúrgicos. “Vai depender dos estudos de mercado”.

A Alltex prevê lançamento da camisinha VIP, produzida com látex sintético, indicado para pessoas com alergia ao látex natural, e com propriedades para confecção de preservativos mais finos.

Segundo a superintendente da Agência de Desenvolvimento de Tauá (Adecont), Márcia Noronha, o plano é colocar a cidade em visibilidade para grandes empresas com foco no desenvolvimento econômico da região

O município recebeu há pouco mais de um ano, a empresa gaúcha Bakof Tec, que atua no segmento de fibra de vidro e polietileno. Com 90 funcionários diretos e 300 indiretos, produz cisternas que atendem a demanda dos programas de governo relacionados com a falta de água.

Atualmente, opera em galpões alugados pela Prefeitura, mas tem protocolo firmado para construção de unidade que ampliará a produção.

Polo Industrial

A prefeitura de Tauá vai investir cerca de R$ 3,5 milhões para construção do Polo Industrial da Pequena Indústria, que beneficiará cerca de 50 empreendimentos.

“O Polo será um espaço destinado para os empresários locais com necessidade de expandir seus negócios”, afirmou a superintende Márcia. Noronha.

O projeto é uma parceria do município com a Associação das Micro e Pequenas Indústrias de Tauá e será implantado no setor J, dentro do perímetro Várzea do Boi

Polo Calçadista

Com um investimento previsto de R$ 40,9 milhões, uma fábrica de calçados vinda do Rio Grande do Sul também será instalada em Tauá. Além da concessão do terreno cedido pelo município, o Estado aportou R$ 6,2 milhões para construção do galpão. São previstos 950 empregos diretos e outros 3 mil indiretos.

A previsão é que a unidade inicie as operações no segundo semestre, destinando 90% da produção para outros estados. O número de pares de calçados produzidos deve atingir 1,6 milhão ao ano.

Pertencente ao grupo Aniger, fabricante da Nike para o Mercosul, a unidade está em fase de treinamento de equipe e implantação do maquinário. Segundo assessoria da empresa, irão produzir exclusivamente calçados e acessórios para marca própria, Petite Jolie.

(O Povo Online)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!