Policial

Seduc seleciona monitores e tutores para Projeto Jovem de Futuro

Alunos do ensino médio e universitários interessados em atuar como monitores e tutores terão a possibilidade de desenvolver suas habilidades em escolas públicas estaduais. A oportunidade é dada pela Secretaria da Educação (Seduc), por meio das 438 unidades de ensino que integram o Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI)/Jovem de Futuro (JF). Cada escola fará sua seleção e concederá bolsas aos aprovados. As inscrições seguem até 15 de maio próximo.

Para participar, o candidato deve aguardar a divulgação dos editais publicados pelas próprias escolas (lista anexa) e divulgados nos sites das Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Crede), no Interior, e no caso das escolas da Capital, no site da Secretaria da Educação (Seduc). A ação é desenvolvida por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento da Escola e da Aprendizagem (Codea) – Gestão Escolar.

Conforme Régia Xavier, articuladora estadual das escolas Jovem de Futuro, os inscritos para a monitoria devem ser alunos do ensino médio da rede pública estadual. “Eles irão desenvolver atividades voltadas ao fortalecimento das ações pedagógicas e de projetos da própria escola na qual estão matriculados” – explica.

 Já as vagas da tutoria serão ocupadas por estudantes do ensino superior. De acordo com Sandra Rodrigues, orientadora da Célula de Acompanhamento da Codea/Cestão, a missão dos universitários será contribuir para a implementação da metodologia Entre Jovens do Jovem de Futuro na escola, concebida para assegurar atendimento educacional complementar a alunos que ingressam no Ensino Médio com dificuldades específicas em Língua Portuguesa e em Matemática. “Esse esforço contribuirá para melhorar o desempenho dos que estão na última etapa da educação básica e aumentar os índices de conclusão do curso, diminuindo o abandono e a evasão escolar” – frisa Sandra.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm