Policial

Quase 28 mil casos de dengue já foram registrados no Ceará este ano.

mosquito_dengue_4_cursos_cpt1Foram confirmadas sete mortes em decorrência da dengue na última semana no Ceará. Com 28 mortes em 2015 causadas pela dengue, o número confirmado no último boletim da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), divulgado ontem, representa 25% do total de 2015.

Dois óbitos aconteceram no município de Beberibe e os outros cinco, em Fortaleza, aumentando para 14 os óbitos por dengue confirmados na Capital, este ano. Outros 34 óbitos estão sendo investigados no Estado.

Dos casos notificados em 2015, foram confirmados 27.990, o que ultrapassa em 53% os 18.243 casos registrados em todo o ano de 2014. Fortaleza concentra 50% dos casos. O Jangurussu, com 1.551 casos, é o bairro mais atingido pela dengue.

Somente na última semana, foram 2.499 novas confirmações da doença no Estado. Neste ano, já foram registrados 509 casos graves de dengue. A faixa etária mais atingida pela enfermidade é a de pessoas entre 20 e 29 anos.

Para o médico infectologista e professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará, Roberto da Justa, enquanto em 2014 havia a circulação de pelo menos três sorotipos da doença, este ano, a forma mais grave tem predominado e isso pode ter influência no número de mortes e no aumento de casos. “Sem circulação anterior do sorotipo, havia um número de pessoas que ainda não estavam imunizadas para ele. E este é um tipo agressivo cujos sintomas podem levar às formas mais graves da doença”, explica o infectologista.

Ao ser diagnosticada, a doença é de simples condução do tratamento, se observados previamente os sinais de alerta. Contudo, de acordo com o médico, ainda é preciso avançar no acesso adequado e ágil da população à rede pública de saúde. Além disso, Roberto destaca que 80% dos focos de Aedes aegypti – mosquito vetor da dengue, da febre amarela, da chikungunya e do zika vírus – são encontrados nas residências, o que denota a necessidade de uma população mais engajada e informada das medidas de prevenção.

Já foram confirmados só este ano 27.990 casos de dengue em todo o estado. Desse total 50% dos casos estão concentrados em Fortaleza.

(O POVO Online)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm