Policial

Mais um tamborilense é vítima do golpe do ‘falso sequestro’

pl1170614

Um cidadão tamborilense, bastante conhecido em Tamboril, foi vitima nesta quarta-feira (08), do famoso golpe do falso sequestro, praticado por ligações em sua maioria de dentro dos presídios.

Ele conversou com a reportagem do Blog do Manuel Sales e disse que recebeu a ligação de um homem se passando por seu filho que mora em São Paulo, dizendo que havia sido sequestrado, que estava amarrado e dentro do bagageiro de um carro. A todo momento o homem que se passava pelo filho da vitima pediu socorro e dizia que se o pai não fizesse o que os sequestradores queriam ele ia morrer.

Em seguida, um outro homem assumiu o controle da conversa e perguntou quanto o cidadão tinha disponível em dinheiro naquele momento, o cidadão tinha a quantia de R$ 1.900 (mil e novecentos reais), para pagar algumas contas pessoas.

Os elementos ordenaram ao mesmo, que ele fosse para uma agência lotérica realizar o deposito da quantia, sem desligar o telefone. 

Segundo uma funcionária da lotérica, o homem chegou a agência aparentemente nervoso, e solicitou que o deposito fosse efetuado. A funcionária ainda questionou se o mesmo conhecida os titulares da conta para qual estava sendo realizado o deposito, o cidadão insistiu e o valor de R$ 1.900 foi deposito em duas contas. Um deposito de R$ 1.000,00 (mil reais) e outro de R$ 900,00 (novecentos Reais).

Não satisfeito, os elementos pedem pra ele depositar a quantia de R$ 3.000,00 (três mil reais) se quiser salvar a vida do filho, desesperado o cidadão vai até o Bradesco Expresso de uma farmácia aqui de Tamboril sem desliga o telefone e no caminho acaba encontrando um irmão, que liga para o sobrinho em São Paulo e descobre que tudo não passou de um golpe.

O cidadão vai até a caixa na tentativa de estornar a quantia depositada, mas já é tarde, o valor já havia sido sacado das contas repassadas pelos bandidos.

11713505_10153448333374699_1729288553_n

Nossa reportagem teve acesso com exclusividade aos comprovantes do deposito efetuado nas duas contas. uma no nome de Beatriz Alves Mariete e outra no nome de Eni Delfino da Silva. 

OUTROS CASOS.

Este porém não é o primeiro caso que registramos aqui no município de Tamboril. Semanalmente novas vitimas vão surgindo.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!