Policial

MST adequará projetos para garantir acessos a recursos.

Representantes e lideranças do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) ocuparam a sede da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) na manhã desta terça-feira (4) para apresentar pauta de infraestrutura de água e educação nos assentamentos, continuidade do pagamento do Garantia Safra, implementação de projetos emergenciais, convênios de crédito fundiário e solução para regularização fundiária de pelo menos 17 assentamentos.

Além do secretário da SDA Dedé Teixeira, receberam a comissão do MST o secretário adjunto Wilson Brandão, secretário executivo Felipe Pinheiro, o superintendente do Idace (Instituto do Desenvolvimento Agrário) Eduardo Barbosa, o superintendente do Incra Roberto Gomes e o assessor de Acolhimento aos Movimentos Sociais Acrísio Sena.

Durante a reunião, foi alinhado a formação de um grupo de acompanhamento técnico com representantes da SDA, Incra, Idace e MST para deliberar sobre processo que tramita na Procuradoria Geral do Estado, referente à regularização fundiária de 17 assentamentos rurais. A pauta já foi apresentada ontem ao governador Camilo Santana e através do MAPP (Monitoramento de Ações e Programas Prioritários) já estão garantidos recursos de R$ 200 mil para início do processo no Assentamento Sítio Córrego, no município de Tianguá.

Fedaf

Outro ponto amplamente discutido foi o acesso ao Fundo Estadual de Desenvolvimento da Agricultura Familiar (Fedaf). Os líderes do MST se queixam da demora e burocracia para o acesso ao fundo, mas o secretário adjunto Wilson Brandão explicou a necessidade de adequação de alguns projetos para facilitar o desenvolvimento de programas para agricultura familiar.

“Algumas das reivindicações podem ser acolhidas pelo projeto São José III ou mesmo Paulo Freire; é preciso uma readequar alguns projetos, porque cada um desses convênios atende a programas específicos na área da agroindústria familiar, aquisição de insumos, crédito fundiário, entre outros”, explicou Wilson Brandão.

(Governo do Estado)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm