Policial

Prefeitura corta transporte escolar dos universitários de Catunda.

SPPNEWS ônibus escolar

A volta as aulas para os mais de 30 jovens universitários do município de Catunda que estudam em Sobral, não foi das melhores, não bastasse percorrerem uma distância de 110 quilômetros para cursarem o ensino superior, tiveram que digerir o corte no transporte público por parte da prefeitura de Catunda.

Em conversa com a nossa reportagem um dos estudantes que pediu pra não ser identificado, disse que os alunos ficaram sabendo que o transporte não seria mais cedido pelo município por terceiros, e mesmo assim a secretaria de educação de Catunda nem se quer chegou a se pronunciar ou dar qualquer explicação em relação ao assunto.

Diante dessa lamentável situação os universitários que em sua grande maioria são de famílias humildes, são obrigados a pagar do próprio bolso o valor  passagem que custa em média R$ 18,00 para a Sobral.

A Presidente Dilma Rousseff sancionou no ultimo dia 06 de junho a Lei de nº 12816/13, já publicada no Diário Oficial da União (DOU), que autoriza em seu artigo 5.º o uso dos transportes públicos, antes destinados somente à educação básica, para o transporte de estudantes na zona urbana e da educação superior.

Mesmo a medida pondo fim a lamentáveis episódios dessa natureza, a gestão do prefeito Tony Jorge nega um direito regulamentado por lei aos universitários de Catunda.

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!