Policial

Servidor que era efetivo em Ipueiras e Poranga, irá devolver mais de 09 mil reais aos cofres públicos.

assinatura 1

O promotor de justiça de comarca de Poranga, ingressou com uma ação civil publica nesta quarta-feira (02), contra o funcionário público Paulo Gervânio Pinho de Oliveira. Segundo o Promotor Dr. Francisco Handerson Miranda, o funcionário acumula de forma ilícita dois cargos públicos em municípios diferentes, Poranga e Ipueiras.

Na ação o ministério público requer o ressarcimento aos cofres públicos de valores recebidos de forma indevida por Paulo Gervânio Pinho de Oliveira. 

Ação teve início após uma denuncia, que foi constatada depois de uma fiscalização realizada pelo promotor. O funcionário exercia de forma efetiva no município de Poranga o cargo de Fiscal de Tributos e Agente Administrativo no município de Ipueiras. O acumulo de cargo é vedado pela constituição

Paulo Gervânio compareceu à promotoria no município de Poranga onde confirmou a veracidade das informações e terá que devolver agora a quantia de R$ 9.504,89. Informações apurada pelo Blog do Manuel Sales dão conta de que o mesmo pediu exoneração do cargo de Fiscal de Tributos da prefeitura de Poranga.

Redação do Blog

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!