Policial

Projeto Dom Helder Câmara vai beneficiar mais de 27 mil famílias no semiárido.

Dom Helder

Mais de 27 mil famílias do semiárido nordestino serão beneficiadas com a segunda fase do Projeto Dom Helder Câmara (PDHC) – uma iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) em parceria com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA).

Para isso, o MDA vai selecionar profissionais de Ciências Agrárias, Ciências Sociais Aplicadas e Ciências Humanas. A equipe, que será composta por 23 especialistas, vai ajudar a levar políticas de combate à pobreza e de apoio ao desenvolvimento rural para a região. As inscrições podem ser feitas até 8 de outubro.

O projeto existe desde 2001 e atua ampliando o acesso da população rural a políticas públicas, estimulando a abordagem agroecológica e a convivência com o semiárido, gerando oportunidades de acesso a mercados e fortalecendo a articulação entre programas do Governo Federal. Uma das ações de maior destaque do PDHC é a oferta de Assessoria Técnica Permanente, concebida como uma ação contínua e sistêmica, focada nas demandas, objetivos e áreas de resultado de interesse das famílias beneficiárias.

Em sua primeira fase, o Projeto atuou em oito territórios da cidadania: Sertão do Apodi, no Rio Grande do Norte; Inhamuns e Sertão Central no Ceará; Cariri Ocidental na Paraíba; Sertão do Pajeú e Sertão do Araripe, em Pernambuco; Serra da Capivara, no Piauí; e Alto Sertão Sergipano, localizado no estado de Sergipe. Ao todo, mais de 15 mil famílias foram beneficiadas diretamente.

Na próxima etapa, serão incluídos 129 municípios, distribuídos nos oito Territórios da Cidadania e abrangendo, também, o Território do Alto Sertão Alagoano. Para dar continuidade a experiências exitosas, o projeto permanece atendendo 30% das famílias que participaram da primeira fase, pelos próximos três anos.

Os profissionais aprovados no processo seletivo simplificado vão trabalhar na elaboração de planejamentos, assessoria técnica, organização de comitês e colegiados territoriais.

Para se inscrever, os interessados devem obedecer as condições previstas no edital, preencher o modelo de currículo padrão do MDA e encaminhar como anexo para [email protected] até as 23h59 do dia 8 de outubro.

(Site do Governo do Estado)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!