Policial

Policiais Civis do Ceará decidem pelo Estado de Greve

Assembléia - Polícia Civil

Cerca de 500 policiais civis decidiram pelo estado de greve durante Assembleia Geral realizada na sede anexo do Sinpol/CE, na noite desta quinta-feira (29). Antes do encontro com a categoria, os diretores da entidade estiveram reunidos com representantes do Governo que, na ocasião, expuseram alguns números do estado. Para o Presidente Gustavo Simplício, mais um passo foi dado, agora precisamos da efetivação da promessa do governador.

Baseado nisso, os diretores do Sinpol/CE propuseram um prazo até a primeira semana de dezembro para que o Governador cumpra a promessa de campanha, quando assinou uma carta compromisso garantindo a restruturação salarial dos agentes que continuam recebendo a remuneração de nível médio, mas que deveria ser de nível superior.

Atualmente, são 2.440 policiais civis lotados nas delegacias cearenses, número defasado. E a situação tende a piorar, pois, sem um trabalho de valorização do efetivo, as taxas de evasão da categoria tendem a agravar. O Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará lembra que no início do ano a instituição tinha um número de 2.600 policiais, porém, nesse período de negociação com o Executivo, o sindicato registrou 160 pedidos de exoneração. “O principal motivo para essa evasão dos policiais civis é o baixo salário”, declarou o Presidente do Sinpol/CE, Gustavo Simplício.

(Sinpol/CE)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!