Regionais

Calendário básico de vacinação passará por mudanças a partir de janeiro, veja o novo calendário.

Vacinação

A partir de janeiro de 2016, os serviços de unidades de saúde adotam as alterações aprovadas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) para o calendário básico de vacinação.  Com isso, a vacinação de rotina introduz novos esquemas vacinais e algumas mudanças, como a extensão universal da vacina contra a hepatite B para todas as faixas etárias e a redução de doses para as vacinas HPV, que passa a ser de duas doses (dose inicial e outra dose seis meses depois), não sendo mais necessária a terceira dose, cinco anos depois da primeira dose, além da vacina pneumocócica 10 valente que também passa a ser de duas doses (aos 2 meses e aos 4 meses, com um reforço aos 12 meses).

VEJA AS MUDANÇAS NO CALENDÁRIO NACIONAL DE VACINAÇÃO/2016:

  • Vacina hepatite B: a partir de janeiro para todas as idades.
  • Vacina poliomielite: substituição da terceira dose da vacina oral pela vacina inativada.
  • Vacina pneumocócica 10 valente: novo esquema básico de duas doses (aos 2 meses e 4 meses) e reforço,             preferencialmente aos 12 meses, podendo ser até os 4 anos de idade.
  • Vacina hepatite A: alteração da faixa etária para a vacinação, dos 12 meses para os 15 meses de idade.
  • Vacina papiloma vírus humano (HPV): mudança do esquema vacinal para duas doses (0 e 6 meses), não sendo necessária a administração da terceira dose.
  • Vacina meningocócica C (conjugada): administrar o primeiro reforço (R1) preferencialmente aos 12 meses         (podendo ser feito até 4 anos).

vacinação1

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!