Regionais

Governo reforça em quase 30% o efetivo da Polícia Civil com a formação de 792 novos servidores

gov2
(Foto: Carlos Gibaja / Ariel Gomes)

O governador Camilo Santana e a vice governadora Izolda Cela deram início, na manhã desta nesta terça-feira (12), à aula inaugural do Curso de Formação Profissional da Polícia Civil do Estado do Ceará, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza. Os 792 novos servidores representarão reforço de quase 30% em relação ao efetivo atual da corporação, de cerca de 2.700 profissionais na ativa.

No evento, lotado pelos aprovados e seus familiares, Izolda Cela, também coordenadora executiva do “Pacto Por Um Ceará Pacífico”, foi a responsável por ministrar a palestra sobre as medidas e resultados já apresentados pelo Estado, além de detalhar as ações do programa

“A Polícia Civil tem um papel fundamental em toda a estrutura da segurança pública do Estado, pois é ela quem trabalha na investigação criminal e elucidação de crimes. Por isso, entendemos a importância em chamá-los para que possam integrar as forças do Estado. Apenas nesta primeira chamada, estamos implementando quase 30% do efetivo atual de novos policiais civis. Isso já revela nossa vontade dar ainda mais credibilidade às instituições, além melhorar ainda mais a segurança pública do Estado”, destacou Camilo Santana.

O dado dito pelo governador salienta os 197 delegados, 336 escrivães e 259 inspetores que serão capacitados no curso de formação, com a carga horária é de 720 horas/aula para os delegados e 670 horas/aula para escrivães e inspetores. As aulas, realizadas Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE), contemplarão instruções teóricas e práticas de mediação de conflitos, direitos humanos, direito penal, defesa pessoal, tiro defensivo, investigação policial, entre outros temas. Além das disciplinas que integram a grade curricular, os futuros policiais também participarão de estágio operacional, seminários, visitas e palestras.

As aulas seguirão a matriz curricular preconizada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP/MJ) que prevê uma formação mais humanizada, com base nos direitos humanos e nos valores éticos. Ao todo, dos 792 candidatos aprovados no concurso participarão dos cursos de formação, 161 homens e 36 mulheres participam das aulas para o cargo de delegado, 182 homens e 154 mulheres para escrivão, além de 216 homens e 43 mulheres para inspetor.

Segundo o secretário Delci Teixeira, da Segurança Pública e Defesa Social, os novos policiais já assumem uma grande missão em dedicar suas vidas à sociedade cearense. “Diante dos dados já anunciados, temos seguido com ações integradas que tem surtido efeitos positivos. Por isso, cada vez mais, temos de nos esforçarmos e trabalharmos juntos para que tenhamos uma sensação efetiva de segurança na sociedade cearense. Com a vinda dos senhores e senhoras, vamos minimizar quaisquer dificuldades que há nas atuais delegacias, além de implantar novas em todo Estado”, salientou o secretário.

(Governo do Estado)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!