Regionais

Em Groaíras, mulher e filha são mortas pelo marido e corpos foram queimados e desovados em matagal.

Mãe e Filha

Um crime bárbaro e com requintes de crueldade foi desvendado na noite da última terça-feira (16), no município de Groaíras. Francisca Lucineida Farias Ximenes, 46 e sua filha Flávia Vitória Farias Lima, 04, encontravam-se desaparecidas desde novembro de 2015 e desde o desaparecimento das duas, a família vivia aflita e com desconfiança do companheiro de Lucineida, o pedreiro Francisco Xavier Silva, 65.

A Polícia Civil abriu inquérito e iniciou as investigações, onde ouviram várias pessoas, dentre elas, Xavier, que afirmava ter deixado sua companheira e enteada na Rodoviária de Sobral, de onde teriam viajado para Rio de Janeiro. As informações foram checadas pelos policiais, mas batiam e Xavier, que já vinha apresentando várias versões, se viu obrigado a entregar-se e contar toda a verdade, haja vista que a Polícia lhe tinha como principal suspeito, por seus depoimentos entrarem em contradições. 

De acordo com o Delegado Regional de Sobral Dr. Júnior Vieira, Xavier (foto) teve um desentendimento com Lucineida, que segundo o próprio réu confesso, seria por causa de um bolo que a vítima queria comprar e ele não teria o dinheiro, gerando uma discussão.

O indivíduo a agrediu e estrangulou com as próprias mãos. Como a criança havia presenciado a discussão e ficaria como testemunha, assassinou a criança da mesma forma. Após matar as duas, Xavier levou os corpos para o quintal da residência onde moravam, no bairro Capitão José Linhares, e ateou fogo nos corpos. Depois de incendiar os cadáveres, quebrou os ossos que restaram, para que ficassem em pedaços pequenos.

Depois disto, o idoso juntou os restos mortais das vítimas e desovou em um matagal na localidade de Capim II, na zona rural do município, onde possuía um roçado. Xavier foi preso em flagrante por ocultação de cadáver e nesta quarta (17), o delegado realizará a denúncia no MP, dando entrada no pedido de prisão por duplo homicídio.

As vítimas

Francisca Lucineida e Flávia Vitória tiveram seus restos mortais lançados em um matagal, expostos a sol, chuva e ao tempo, desde novembro, restando pouco. Segundo a Polícia Civil, apenas alguns pedaços de ossos foram encontrados. Os restos mortais serão encaminhados à Fortaleza, junto com coletas que ainda serão feitas com familiares, para que os exames comprovem o DNA das vítimas.

A Perícia e a investigação

Dr. Júnior Vieira, acompanhado de peritos e da Polícia Militar de Groaíras, estiveram na residência das vítimas, onde fizeram alguns registros e vasculharam o imóvel, lacrando-a para que a Perícia dê continuidade aos seus trabalhos nesta quarta. As investigações prosseguirão e o autor do crime será interrogado para saber se houve a participação de mais alguém no crime.

(Blog do Tidi )

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!