Regionais

Tamboril registra 02 casos suspeitos de microcefalia.

Microcefalia

Tamboril tem dois casos suspeitos de microcefalia, os dados fazem parte do Boletim Epidemiológico da secretaria de saúde do estado (sesa) e coloca o município como o segundo da região com o maior número de casos suspeitos da doença, perdendo apenas para Crateús com 04 casos suspeitos e um óbito.

Mas não só Tamboril e Crateús que registram casos suspeitos da doença; Poranga registra 03 casos suspeitos e Ipaporanga, Ararendá e Novo Oriente, registram um caso cada.

As secretárias de saúde dos municípios estão vigilantes na identificação e tratamento não só da microcefalia, mas também da zika vírus e dengue que são transmitidos pelo mosquito Aedes Aegypti. A população deve está cada vez mais cuidado com a limpeza de suas casas e quintais; acabando com os criadouros do mosquito que são os locais de água parada.

No Ceará, de outubro de 2015 a 22 de fevereiro de 2016, foram notificados 335 casos. Destes, 9,9% (33/335) confirmados, 13,7% (46/335) foram descartados e 76,4% (256/335) estão em investigação (definição ao lado), sendo 83,3% (279/335) detectados no pós-parto e 16,7% (56/335) durante a gestação. Dos casos confirmados, 3,0% (1/33) tiveram diagnóstico laboratorial confirmado para vírus zika e 97,0% (32/33) foram encerrados por critério clínico-radiológico.

Em todo o está já ocorreram 19 óbitos, sendo 3 casos de natimortos e 16 casos que evoluíram óbito após o nascimento. Destes, 47,4% (9/19) permanecem em investigação e 52,6% (10/19) foram confirmados sugestivos de infecção congênita, sendo 1 caso com identificação do vírus Zika em tecido fetal.

(Redação do Blog)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!