Destaques

No Ceará, centenas de mulheres ligadas ao MST ocupam o Palácio da Abolição sede do governo estado.

Mulheres - MST 2

Enquanto muitas mulheres amanheceram recebendo homenagens e sendo parabenizadas pelo dia internacional, outras amanheceram reivindicando mais politicas públicas para a classe; é o caso das mulheres do movimento dos trabalhadores sem terra (MST). Que na manhã deste 08 de março ocupam o Palácio da Abolição, sede do governo do estado.

As reivindicações são muitas; especialmente mais creche em tempo integral, politicas publicas voltadas para as mulheres do campo, mais recursos para a saúde da mulher, além da reforçar reivindicações por mais projetos de abastecimento de água e outros já defendidos pelo movimento.

Uma das integrantes do movimento disse ao Blog por mensagem que só saem de lá, depois de serem recebidas pelo Governador Camilo Santana, e entregar nas mãos do mesmo a pauta defendida. Houve um principio de tumulto quando policias usarem spray de pimenta e chegaram a empurram os manifestantes.

Esse movimento acontece em todo o Brasil e faz parte da Jornada Nacional de Luta das Mulheres Camponesas neste ano traz o lema: Mulheres na luta em defesa da natureza e alimentação saudável, contra o agronegócio. 

Só aqui no Ceará cerca de 400 famílias ligadas ao MST participam da ação.

Compartilhe!

Feiticeiro Fm