Segurança

Projetos de reestruturação da polícia civil e bloqueio de sinal de celular em presídios são provados.

A Assembléia Legislativa aprovou nesta quinta-feira (10) dois projetos importantes em prol da segurança pública do Ceará. Ambos de autoria do executivo estadual que visam contribuir no combate a violência e na redução de mortes no estado.

O primeiro projeto visa dar início ao processo de restruturação da policia civil, criando subgrupos que irão distinguir os diversos níveis salarias da categoria. Segundo a lei aprovada, os policiais aprovados em avaliações anuais ganharão incremento salarial, melhorando assim sua condição de trabalho. Pelo texto aprovado não há limites em relação a esse ponto. Ainda este ano, de acordo com o projeto haverá um grande número de promoções para os policiais civis.

O projeto foi amplamente discutido com o sindicato dos policiais civis (Sinpol) e representantes do governo do estado, que chegaram a um consenso. Enviado ontem para a assembléia o projeto foi aprovado já hoje pelos deputados cearenses.

“Foi uma vitória para toda a categoria. Haverá vagas para a polícia de forma mais constante. Hoje, nossa carreira ficará mais atrativa. Atualmente o policial civil que estava há 30 e 35 anos no serviço ativo recebia a mais no fim do mês apenas 33% do policial que acabara de entrar na polícia. Hoje esse número de 33% passa agora para 87%. Ao se aposentar, com essa nova estrutura, o policial civil receberá um ganho real de quase R$ 2 mil”, disse Gustavo Simplício, Presidente do Sinpol/CE.

BLOQUEADORES

Outro importante projeto aprovado na AL, trata da proibição por parte das operadoras de fornecer sinal de telefonia móvel em unidades prisionais do estado. Com isso as operadoras terão que instalar bloqueadores de sinal de celular nos presídios pra se evitar que os detentos possam aplicar golpes e comandar de dentro das penitenciarias ações criminosas.

A expectava do governo é que os dois projetos venham a contribuir para a redução dos índices de criminalidade no estado, que já vem apresentando reduções nos últimos meses.

(Redação do Blog)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm