Destaques

Em uma demonstração de força política, Ciro, Cid e Camilo reelegem Zezinho Albuquerque para presidência da AL.

A disputa pela presidência a Assembleia Legislativa do Ceará, mostrou mais uma vez a força e liderança política dos irmãos Cid e Ciro Gomes e do governador Camilo Santana. Durante a semana, os três trabalharam para reeleger o deputado Zezinho Albuquerque do PDT a presidência da casa. O candidato adversário também é do mesmo partido, Sergio Aguiar, ate então, da base do governo. Ele havia colocado o nome a disposição e não desistiu de sua postulação a presidência da casa, mesmo sendo Zezinho o candidato governista.

Na tarde desta quinta-feira (1º), após a votação dos 46 deputados estaduais cearenses e com um voto nulo já esperando, sendo este do deputado Renato Roseno do PSOL, o resultado final foi proclamado: Zezinho Albuquerque venceu com 27 votos, contra 18 de Sérgio Aguiar, 09 votos de maioria.

O candidato do governo atraiu para sua chapa, nomes como do deputado Audic Mota do PMDB, que ocupará uma secretaria na mesa diretora. Audic por sua vez, é desafeto politico de Domingos Filho, que juntamente com seu filho Domingos Neto, articulou o apoio de deputados dos partidos PMB e PSD para apoiar Sérgio Aguiar. Agenor Neto outro nome do PMDB também votou declaradamente em Zezinho Albuquerque. João Jaime, outro nome de oposição no estado, filiado ao Democratas, também votou no candidato do governo.

A eleição da AL, teve uma semana de grandes movimentações e especulações, que mexeram com conjuntura política do estado, como nunca se viu nos últimos 30 anos. O fato mais marcante é o rompimento do Domingos Filho, ex-vice-governador, que bateu o pé e juntamente com deputados de sua base politica, votaram em Sergio Aguiar. Domingos, inclusive foi eleito horas antes da eleição da assembleia, Presidente do Tribunal de Contas dos Municípios, por 04 votos a 03, tendo inclusive tido apoio do Conselheiro Francisco Aguiar, pai de Sérgio Aguiar e atual presidente de corte. Para muitos a eleição de Domingos Filho como presidente do TCM horas antes da eleição da AL, confirmava toda a articulação.

Mesmo com a “traição” de Domingos Filho e seu grupo politico, os governistas mostraram força e venceram a eleição da assembleia com uma ampla vantagem. É importante salientar que a inesperada decisão de Domingos Filho, ocorre quando o mesmo ainda mantem no governo de Camilo Santana, nomes que ocupam estratégicos e de confiança.

O Secretário de Esportes do Estado Jeová Mota, um dos nomes de confiança do Governador Camilo Santana e dos Irmãos Cid e Ciro Gomes, retornou para assembleia para votar e articular apoios para Zezinho Albuquerque. Jeová Mota esteve juntamente com os irmãos Ferreira Gomes realizando as articulações dos últimos dias em prol do candidato governista.

Este é o terceiro mandato de Zezinho Albuquerque à frente da Assembleia Legislativa do Ceará. A chapa vencedora tem prestigio e nomes de peso, que deverão serem importantes nas matérias que serão apreciadas pela AL, sobretudo no ano de 2017. Abaixo segue os nomes e cargos da nova mesa diretora que comandará o biênio 2017/2018.

  1. Presidente: José Albuquerque (PDT)
  2. Primeiro Vice-presidente: Tin Gomes (PHS)
  3. Segundo Vice-presidente: Manoel Duca (PDT)
  4. Primeiro Secretário: Audic Mota (PMDB)
  5. Segundo Secretário: João Jaime (DEM)
  6. Terceiro Secretário: Júlio César (PDT)
  7. Quarta Secretária: Augusta Brito (PC do B)
  8. Primeiro Vogal: Robério Monteiro (PDT)
  9. Segundo Vogal: Ferreira Aragão (PDT)
  10. Terceiro Vogal: Bruno Pedrosa (PP)

(Redação do Blog Por Manuel Sales)

 

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!