Destaques

Prefeitos eleitos já começam o ano com diversos reajustes salariais a serem cumpridos.

O ano mal começou e os prefeitos que assumiram seus cargos já se deparam com diversos reajustes salários em diversas categorias de servidores. Se antes estava ruim mantém as contas em dia devido a crise financeira que acomete principalmente os pequenos municípios, imaginem agora com tais reajustes a serem obrigatoriamente cumpridos.

O primeiro reajuste é o do salário minimo que passará de R$ 880,00 para R$ 937,00 – um aumento de R$ 57,00.

Outro aumento é o do Programa Mais Médicos que passará dos R$ 10,570 para R$ 11.520 – o valor é da chamada bolsa formação e é paga pelos municípios pra manterem os médicos trabalham em seus municípios.

Ainda em dezembro, foi publicada a Portaria Interministerial que reajustou o Valor Anual por Aluno (VAA) do Fundeb em 4,9369%. Com isso, o investimento médio per capita por estudante do ensino fundamental urbano no país, em 2017, será de R$ 2.875,03 – Diante dessas informações, o valor do piso salarial nacional do magistério para 2017, será de R$ 2.298,80.

Os reajustes incidem no orçamento das prefeituras e os prefeitos que já assumiram seus assentos terão que ter jogo de cintura e muita disposição para encontrar saídas para cumprir com os reajustes e não onerar a receita.

(Redação do Blog)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm