Destaques

Dos 17 deputados federais do Ceará, 10 votaram a favor da PEC da cobrança de taxas em universidades

O governo do presidente de Michel Temer foi derrotado ontem na Câmara dos Deputados, ao tentar aprovar a PEC que autorizava a cobrança por parte das universidade públicas e institutos federais por cursos de extensão e pós-graduação. O projeto de Emenda a Constituição obteve 304 votos a favor e 139 contra; mas não foi aprovada porque para ser aprovada a PEC precisava de 308 votos a favor.

Dos 17 deputados da bancada federal do Ceará, 10 votaram para que a cobrança da tava dos cursos de extensão e pós-graduação fosse feita aos universitários.

Veja abaixo como votou os deputados cearenses.

Adail Carneiro PP (SIM)
Paulo H. Lustosa PP (SIM) – Tirou votos em Tamboril
Cabo Sabino PR (SIM) – Tirou votos em Tamboril
Danilo Forte PSB (SIM) – Tirou votos em Tamboril
Domingos Neto PSD (SIM) – votado em Tamboril
Genecias Noronha SL (SIM)- votado em Tamboril
Vaidon Oliveira DEM (SIM)
Raimundo Gomes de Matos PSDB (SIM) – Tirou votos em Tamboril
Macedo PP (SIM)
Moses Rodrigues PMDB (SIM) – Tirou votos em Tamboril
Odorico Monteiro PROS (NÃO)
Chico Lopes PCdoB (NÃO)
Gorete Pereira PR (NÃO)
José Guimarães PT (NÃO)
Leônidas Cristino (NÃO)
Ronaldo Martins PRB (NÃO)
André Figueiredo PDT (NÃO)

Os deputados José Aírton do PT; Aníbal Gomes e Vitor Valim, ambos do PMDB, não participaram da votação.

 

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm