Segurança

Esquemas de clonagem de cartões e venda de carros roubados são desarticulados no Ceará.

Investigações sobre a comercialização de veículos roubados resultaram na desarticulação de um grupo criminoso envolvido na clonagem de cartões magnéticos. O trabalho policial, desenvolvido pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), levou os investigadores, nessa quarta-feira (06), a cinco suspeitos de atuarem nos dois esquemas ilícitos.

O bando desarticulado é formado por Allyson Santos Oliveira (40), que responde por uma contravenção penal, Jose Olavo da Costa Ferreira (30), que responde por receptação, Carlos Henrique Pereira Ferro (28), que não possuía antecedentes criminais, Edynetto Barbosa Machado (23), conhecido como “Dida”, que responde a quatro procedimentos policiais, sendo dois por roubo e os outros por crimes contra a administração pública, e Francisco Kewerson Furtado Gomes (22), conhecido como “Francês”, que não possuía antecedentes criminais. Eles foram encaminhados à sede da DRFVC e autuados em flagrante por estelionato, associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e na Lei das Organizações Criminosas.

O primeiro a ser capturado foi Olavo, após os policiais receberem informações de que ele negociava um veículo Corolla de cor preta, blindado, roubado e adulterado. Os policiais também receberam sua localização: em uma padaria situada no cruzamento da Avenida Senador Virgílio Távora com a Rua Barbalha, bairro Varjota – Área Integrada de Segurança 3 (AIS 3) – sendo capturado no local. Ao ser abordado, ele confessou o esquema planejado com um homem identificado como “Francês” para o automóvel, que seria comercializado para outra pessoa.

Dando continuidade às diligências, os investigadores chegaram a um condomínio situado na Rua Ministro Petrônio Portela, bairro Salinas, AIS 4, onde “Dida”, apontado como comparsa de “Francês”, foi capturado. Ele e os outros suspeitos foram rendidos em seu apartamento. No imóvel, os agentes de segurança flagraram vários computadores ligados, documentos e vários cartões de crédito, uma máquina de copiar trilha de leitora de cartão e uma maquineta. Durante buscas na residência, os policiais também encontraram um revólver calibre 38 com numeração raspada e munições. Carlos estava no local e “Francês” e Alisson foram pegues ao chegarem. Eles ainda tentaram fugir, sem êxito.

Os cartões são clonados e cinco deles estão no nome de Alisson, com as senhas anexadas. Segundo ele, os objetos foram comprados pela internet e as contas eram salvas em um computador – também apreendido. Mas o esquema criminoso do bando não para por aí. No celular de um deles foram encontradas conversas sobre a negociação de dois carros modelos HB20 e Corolla – este último com emplacamento adulterado QGB 8422 / RN. As investigações continuam.

(Site da SSPDS)
Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm