Segurança

Imprudência e bebida alcoólica são os principais fatores dos acidentes de trânsito em Tamboril.

O número de ocorrências por acidentes de trânsito em Tamboril nas últimas semanas, tem superado qualquer outro atendimento realizado pela polícia militar de Tamboril. Nos últimos sete dias foram em torno de 08 acidentes de trânsito, com um óbito ocorrido no sábado (06) na localidade de Lagoa Grande, CE 176, sentido Cruzeta.

Na maioria dos acidentes, o condutor da motocicleta havia ingerido bebida alcoólica e estava sem o capacete. Pratica comum presenciada diuturnamente no trânsito em Tamboril. Poucos são os condutores que respeitam as leis de trânsito e usam seus veículos respeitando a sinalização. Nos últimos dias colisão na sede do município ocasionado pela imprudência tem deixado algumas sequelas em vítimas desse tipo de acidente.

O caso mais recente aconteceu na noite desta sexta-feira (12) próximo a ponte do Bairro Monte Castelo, quando Antônio Soares Farias, 52 anos, conduzia uma moto CG 125, tendo como garupeira Maria das Dores de Farias, 54 anos. Os dois seguiam pela CE, quando uma ultrapassagem proibida e ariscada foi feita por Francisco Rogério de Matos Andrade, 34 anos, ocasionou um acidente.

Dona Maria das Dores, a garupeira da outra motocicleta, levou a pior, ele sofreu uma fratura na tíbia e foi socorrida para o hospital de Tamboril. Os dois condutores das motocicletas sofreram apenas escoriações. 

Segundo informações, nenhum dos três usavam capacete.

Quando a polícia militar chegou ao local, as motos envolvidas nos acidentes já haviam sido tiradas do local. O que é proibido por lei e dificulta mais ainda o trabalho dos órgãos de segurança.

Perfil dos acidentados

Os dados do SUS mostram que 78,76% das vítimas de acidente de transporte terrestre envolvendo motociclista são homens, na faixa etária de 20 a 39 anos. Entre os motociclistas ouvidos, 19,6% informaram o uso de bebida alcoólica antes do acidente e 19,7% estavam sem capacete.

 

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm