Segurança

Tamborilense é agredida e vê seu filho de 22 dias de vida ameaçado pelo próprio companheiro.

O pintor Antonio Luciano Alves da Costa, 35 anos, chegou em casa completamente embriagado na noite desta sexta-feira (12) e passou a agredir sua companheira, a tamborilense Maria Samara Feitosa Vieira, 26 anos, que sofreu vários socos do acusado.

O acusado, chegou a ameaçar de morte o filho de apenas 22 dias de vida, alegando que a criança não tinha sua paternidade. 

O casal reside na sede do município de Catunda.

Populares que presenciaram as agressões do pintor, acionaram a Polícia Militar, composição comandada pelo subtenente Lopes e os soldados Felipe e Dionanthan, que levaram o acusado para a Regional da Civil em Canindé, onde os procedimentos foram realizados. 

A polícia acredita que a desconfiança sobre ele não ser o pai da criança, tenha sido o motivo pelo qual Antonio Luciano tenha agredido a esposa e ameaçado o recém nascido.

Antonio Luciano, vai responder por crimes previstos na Lei Maria da Penha, Art. 129 – ofender a integridade corporal e a saúde e Art. 147 – Ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto, ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal injusto e grave.

Ele foi conduzido para Cadeia Publica de Santa Quitéria, onde permanecerá a disposição da justiça.

 

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!