Regionais

Nova Russas: Funcionário da Embrapa denuncia o tio por queima de madeira ilegal em cerâmica.

Policiais Militares de Nova Russas foram acionados por um funcionário da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) dando conta de uma ação de crime ambiental praticado por um empresário, proprietário de uma cerâmica no distrito de Canindezinho, naquele município.

A ocorrência foi prontamente atendida pela composição que ao chegar no local indicado, constatou que se tratava da queima ilegal de madeira na cerâmica do empresário, que não dispõe de nenhuma autorização legal para o uso da madeira.
Para a surpresa dos PMs, denunciante e denunciado, são parentes. O empresário Francisco de Sales Gonçalves Rosa, 59 anos, mais conhecido em Nova Russas como Sales Rosa dono da cerâmica é tio do denunciante, que por sua vez é funcionário da Embrapa. Aldo de Paiva Rosa, 38 anos, não pensou duas vezes e denunciou o próprio tio.

Ao solicitar documentação exigida por lei, para a utilização da madeira em seu estabelecimento, o empresário disse que não tinha. Ele foi conduzido para a delegacia de polícia civil em Ipueiras, onde deverá ser autuado em flagrante por crime ambiental. As punições para este tipo de crime vão desde penas restritivas de direito como a prestação de serviços à comunidade até a suspensão parcial ou total de atividades.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm